Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da expressão da metaloenzima superóxido dismutase na regulação da geração de espécies reativas de oxigênio em células de mamíferos em cultura e em neurônios motores

Processo: 12/01397-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2012 - 31 de maio de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Giselle Cerchiaro
Beneficiário:Giselle Cerchiaro
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Esclerose amiotrófica lateral  Radicais livres  Estresse oxidativo  Peroxidase  Superóxido dismutase  Espécies de oxigênio reativas  Neurônios motores  Mutação 

Resumo

Muitos processos envolvendo a agregação e função peroxidásica deletéria da metaloenzima Cu,Zn-Superóxido Dismutase (SOD1 ou Cu,Zn-SOD) ainda estão em plena discussão na literatura após mais de 40 anos de sua descoberta e caracterização. Nesta área de pesquisa o papel de mutações na enzima relacionado a casos familiares da doença Esclerose Lateral Amiotrófica (ALS), doença que afeta particularmente neurônios motores, começa ser elucidado recentemente, onde se soube que o tipo de agregação protéica observado e a gravidade da doença depende do tipo de mutação na SOD1. Sabe-se muito pouco sobre como a SOD1, sem mutações, estaria envolvida com casos de ALS esporádicos (os mais comuns). Portanto neste projeto de pesquisa regular pretendemos estudar como se comportam em cultura primária de neurônios motores (camundongo) e em células imortalizadas em cultura, a superexpressão da SOD1wt sob os aspectos da homeostase de espécies reativas de oxigênio (ROS), causando diferenças em sua viabilidade, integridade mitocondrial e de membrana e agregação protéica entre SOD e outras proteínas do citoesqueleto. Esta superexpressão da SOD1 em células de mamíferos visa mimetizar uma situação bioquímica que levaria a sintomas de ALS em modelo animal. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MATIAS, A. C.; BIAZOLLA, G.; CERCHIARO, G.; KEPPLER, A. F. alpha-Aryl-N-aryl nitrones: Synthesis and screening of a new scaffold for cellular protection against an oxidative toxic stimulus. Bioorganic & Medicinal Chemistry, v. 24, n. 2, p. 232-239, JAN 15 2016. Citações Web of Science: 4.
MATIAS, ANDREZA CANDIDO; MANIERI, TANIA MARIA; CERCHIARO, GISELLE. Zinc Chelation Mediates the Lysosomal Disruption without Intracellular ROS Generation. OXIDATIVE MEDICINE AND CELLULAR LONGEVITY, 2016. Citações Web of Science: 4.
CERCHIARO, GISELLE; MANIERI, TANIA MARIA; BERTUCHI, FERNANDA RODRIGUES. Analytical methods for copper, zinc and iron quantification in mammalian cells. METALLOMICS, v. 5, n. 10, p. 1336-1345, 2013. Citações Web of Science: 36.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

KIT PARA DETECÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE ATIVIDADE DA ENZIMA SUPERÓXIDO DISMUTASE (SOD) POR VIA COLORIMÉTRICA BR1020160032121 - Universidade Federal do ABC (UFABC) . Giselle Cerchiaro; Tânia Maria Manieri; Larissa Cristina Carvalho Do Lago; Samantha Dos Santos Cipriano; Bianca Dempsey Pinto - 16 de fevereiro de 2016

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.