Busca avançada
Ano de início
Entree

Origem e evolução dos cromossomos sexuais em peixes neotropicais

Resumo

Os processos que atuam na diferenciação dos cromossomos sexuais ainda não estão completamente esclarecidos. No entanto, o acúmulo de sequências repetitivas de DNA representa um dos primeiros passos nos estágios iniciais de diferenciação dos cromossomos sexuais, além da ausência de recombinação favorecer, por si só, o acúmulo de seqüências repetitivas nesses cromossomos. A diversidade de mecanismos de determinação do sexo em peixes, somada à ausência de cromossomos sexuais heteromórficos em muitas espécies, faz deste grupo um modelo ímpar para compreender melhor os processos evolutivos dos cromossomos sexuais em vertebrados, considerando que os peixes ocupam a posição basal na filogenia deste grupo. Assim sendo, o presente projeto objetiva explorar a diferenciação de sistemas de cromossomos sexuais simples e múltiplos, utilizando excelentes modelos encontrados na ictiofauna Neotropical, empregando os avanços da citogenética molecular, como o mapeamento de seqüências repetitivas de DNA e os procedimentos de microdissecção e pintura cromossômica, permitindo uma exploração mais resolutiva dos eventos associados a tais processos. Parte dos estudos ora propostos fazem parte de Projeto de Pós-Doutorado e Bolsa de Estágio de Pesquisa no Exterior (Marcelo de Bello Cioffi), recentemente aprovados pela FAPESP, relacionados com diferentes sistemas sexuais em representantes da família Erythrinidae. Tais estudos serão complementados pela exploração de excelentes modelos adicionais, encontrados em outros grupos de peixes Neotropicais. Os dados possibilitarão elucidar aspectos fundamentais da evolução dos cromossomos sexuais entre os peixes, constituindo também importantes subsídios para o entendimento da evolução desses cromossomos nos vertebrados como um todo. (AU)