Busca avançada
Ano de início
Entree

VIII simpósio brasileiro de farmacognosia e o i International Symposium of Pharmacognosy

Processo: 12/04126-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 18 de abril de 2012 - 22 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacognosia
Pesquisador responsável:Vanderlan da Silva Bolzani
Beneficiário:Vanderlan da Silva Bolzani
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Produtos naturais  Biofármacos  Biotecnologia 

Resumo

A SBFgnosia, SBQ, SBBIOTEC, ABCF e as sociedades internacionais - GA, ASP e AFERP desenvolveram um programa científico com a presença de renomados cientistas nacionais e internacionais com o intuito de promover o desenvolvimento da ciência e a excelência da farmacognosia/produtos naturais. Para tal, o evento pretende promover colaborações entre grupos de pesquisas; facilitar o intercâmbio de pesquisadores, estudantes e profissionais entre instituições nacionais e internacionais. O evento terá 9 conferências e 16 mesas-redondas. Os melhores resumos serão selecionados para apresentação oral. Serão ministrados 7 mini-cursos. Dois finais de tarde serão destinados às apresentações dos pôsteres, que ficarão expostos durante todo o evento. A Assembléia SBFGnosia também se reunirá durante o evento. O objetivo é de consolidar as pesquisas na área de saúde, química de produtos naturais e biotecnologia; criar oportunidades para o estabelecimento de cooperações intra e inter institucionais; consolidar esse simpósio como um evento internacional - inserir o Brasil na agenda das reuniões das sociedades dos países desenvolvidos (Joint Meeting of AFERP, ASP, GA, PSE & SIF), que se reúnem para realizar o "International Congress on Natural Products Research", a cada quatro anos, alternando os locais de realização entre a Europa e Estados Unidos ou Canadá. A Sociedade Brasileira de Farmacognosia propõe sua inserção nesta rota para 2020. Assim, a co-participação das sociedades alemã, americana e francesa é o anúncio oficial deste projeto. Pretende-se criar o ambiente de encontro da ciência, tecnologia e inovação, de onde possa sair sugestões e soluções para temas relevantes como o ensino, pesquisa, biodiversidade, biofármacos, legislação, propriedade intelectual, patentes, inovação, desenvolvimento biotecnológico, parcerias-cooperações nacionais e internacionais. (AU)