Busca avançada
Ano de início
Entree

A rede acadêmica de São Paulo em 2012

Processo: 11/52044-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Apoio à Rede Acadêmica
Vigência: 01 de maio de 2012 - 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Luis Fernandez Lopez
Beneficiário:Luis Fernandez Lopez
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Redes de computadores  Rede de comunicação  Auxílio à pesquisa 

Resumo

A década de 2000 foi particularmente estável no que diz respeito à tecnologia de redes de computadores. A evolução tecnológica nesse período ocorreu de maneira incremental na camada física e não apresentou evolução substancial nas camadas superiores (dados e rede). A década que se iniciou este ano, entretanto, aponta para algumas mudanças radicais na tecnologia e na arquitetura de redes, principalmente nas camadas de dados e de rede. Para acompanhar tais mudanças, a rede ANSP terá que deixar o papel de apenas provedor de redes que desempenhou de maneira até exemplar durante a década anterior e passar a atuar também como um desenvolvedor e experimentador de novas tecnologias e arquiteturas. Na prática, a rede ANSP terá que voltar a suas origens, voltar a desempenhar o papel que lhe foi atribuído originalmente no final dos anos oitenta. É bem sabido que a pesquisa, desenvolvimento e experimentação podem simplesmente ser encomendados a um projeto. Entretanto, para que haja resultados importantes, é necessário que elas ocorram num ambiente competitivo, marcado pelo mérito e pela excelência. Assim, este ano propõe-se que o Programa Rede ANSP atue de fato como um programa e não apenas como um projeto de infraestrutura. Propõe-se que o projeto Rede ANSP este ano limite-se exclusivamente ao fornecimento de infraestrutura básica, aquisição, operação e manutenção da rede, enquanto os trabalhos de desenvolvimento e pesquisa experimental sejam licitados à comunidade de pesquisa do estado através de chamadas específicas e regulares da FAPESP. Com tal espírito, este ano o projeto Rede ANSP é apresentado muito mais como uma proposta para que a FAPESP lance essa nova fase do Programa ANSP, acompanhada de um orçamento justificado para o projeto de infraestrutura. (AU)