Busca avançada
Ano de início
Entree

História pessoal e sentido da vida: análise biográfico-existencial

Resumo

O presente texto visa apresentar os pressupostos teóricos básicos da análise biográfico-existencial, metodologia terapêutica educativa desenvolvida pela autora, com recursos à filosofia existencial, especialmente ao pensamento de Hannah Arendt, secundado pelo pensamento de Marlin Heidegger. O eixo fundamental da metodologia é a compreensão da necessidade originária dos indivíduos de costurarem os fatos da vida com um fio de sentido, construindo, assim, narrativas (relatos, historietas e histórias) através das quais se autocompreendem, projetam-se em sua existência e agem. A análise biográfica-existencial tem por objetivo analisar quais e como são construídas essas narrativas e delinear a função delas na formação dos sujeitos agentes. Pretende, também, explicitar os fundamentos existenciais de tais narrativas e a relação que promovem entre o que Arendt nomeia como "vita activa" e "vida contemplativa". O presente texto é resultado da aplicação, análise e reflexão de atividade que (terapêutico - educativa) que vem sendo desenvolvida pela autora há cerca de dez anos. (AU)