Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos metabólicos do ácido graxo ômega-3 em situações de resistência insulínica

Processo: 11/09640-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de junho de 2012 - 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Maria Cristina Foss de Freitas
Beneficiário:Maria Cristina Foss de Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Diane Meyre Rassi ; Milton Cesar Foss ; Norma Tiraboschi Foss ; Patrícia Moreira Gomes ; Tiago Rosin Vidal ; Vivian Marques Miguel Suen
Assunto(s):Inflamação  Obesidade  Diabetes mellitus 

Resumo

Um estado de inflamação crônico e subclínico, frequentemente acompanha o acúmulo excessivo de lipídios no tecido adiposo e hepático, evidenciado tanto por alterações em células inflamatórias como por marcadores bioquímicos de inflamação e marcadores de ativação de estresse do reticulo endoplasmático (ERE). Estudos anteriores tem mostrado que ácidos graxos poliinsaturados n-3 (Omega-3) modulariam a expressão gênica de fatores de transcrição, como PPAR e NFkB, podendo contribuir para reduzir o processo inflamatório e resistência insulínica (RI) em animais de laboratório. Entretanto, ainda é pouco caracterizado do efeito deste ácido graxo na regulação metabólica de pacientes com RI. Deste modo, o objetivo do presente estudo é avaliar em modelos de RI (diabetes mellitus tipo 2 (DM2) e obesidade), em estudos experimentais humanos e em animais de laboratório, o efeito do tratamento com Omega-3 na sensibilidade à insulina, no processo inflamatório subclínico, no controle do metabolismo glicídico e lipídico e na ativação do ERE. Tanto no estudo humano como com os animais em laboratório, os indivíduos ou animais serão alocados, para receber um dos tratamentos, Omega-3 ou placebo pelo período de 2 meses. Será colhido sangue para dosagem de glicemia e insulina de jejum, hemoglobina glicada, lipidograma, dosagens de proteína C reativa, citocinas e adipocinas (TNF-±, IL-6, IL1², INF-³, MCP-1, leptina e adiponectina) antes e após o tratamento. Durante a cirurgia bariátrica dos pacientes obesos ou o sacrifício dos animais será coletada biopsia de tecido adiposo visceral e subcutâneo para avaliação de proteínas e mRNA envolvidos nos processos de RI (IRS, receptor de insulina, AKT), inflamação (NFºB, JNK, TNF-±, IL-6, IL1², INF-³, MCP-1) e ERE (Bip, IRE1, PERK, XBP1 total e clivado, ATF4, ATF6±/², CHOP, HSF-1 e HSP70) utilizando as técnicas de Western Blot, Eletrophoretic Mobility Shift Assay (EMSA) e PCR em tempo real. Uma melhor compreensão dos mecanismos envolvidos na ação do Omega-3 terá impacto direto na elucidação dos processos metabólicos relacionados a resistência insulínica na obesidade ou DM2, bem como o desenvolvimento de novas terapias. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NATÁLIA BONISSI GONÇALVES; RAFAEL FERRAZ BANNITZ; BRUNA RAMOS SILVA; DANIELLE DURAN BECARI; CAROLINA POLONI; PATRÍCIA MOREIRA GOMES; MILTON CESAR FOSS; MARIA CRISTINA FOSS-FREITAS. α-Linolenic acid prevents hepatic steatosis and improves glucose tolerance in mice fed a high-fat diet. Clinics, v. 73, p. -, 2018.
GONCALVES, NATALIA BONISSI; BANNITZ, RAFAEL FERRAZ; SILVA, BRUNA RAMOS; BECARI, DANIELLE DURAN; POLONI, CAROLINA; GOMES, PATRICIA MOREIRA; FOSS, MILTON CESAR; FOSS-FREITAS, MARIA CRISTINA. alpha-Linolenic acid prevents hepatic steatosis and improves glucose tolerance in mice fed a high-fat diet. Clinics, v. 73, 2018. Citações Web of Science: 0.
GOMES, PATRICIA M.; HOLLANDA-MIRANDA, WALLACE R.; BERALDO, REBECA A.; CASTRO, ANA V. B.; GELONEZE, BRUNO; FOSS, MILTON C.; FOSS-FREITAS, MARIA C. Supplementation of alpha-linolenic acid improves serum adiponectin levels and insulin sensitivity in patients with type 2 diabetes. NUTRITION, v. 31, n. 6, p. 853-857, JUN 2015. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.