Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas de alerta fitossanitário para o controle do míldio em Vinhedo conduzido com e sem cobertura plástica na região de Jales, São Paulo

Processo: 12/04615-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2012 - 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Marcel Bellato Spósito
Beneficiário:Marcel Bellato Spósito
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesq. associados:Fabrício Packer Gonçalves ; Marco Antônio Fonseca Conceição ; Paulo Cesar Sentelhas ; Reginaldo Teodoro de Souza ; Rosemeire de Lellis Naves
Assunto(s):Doenças de plantas  Míldio  Controle químico  Cultivo protegido  Viticultura  Vitis vinifera 

Resumo

A região de Jales, no noroeste do Estado de São Paulo, destaca-se entre os principais pólos de produção e comercialização de uvas finas de mesa no Brasil. Nessa região assim como nas demais regiões produtoras de uva do Estado de São Paulo, as condições ambientais são propícias à ocorrência frequente de doenças durante todo o ciclo da cultura. Fatores climáticos como temperatura amena e alta umidade relativa do ar, aliadas a chuvas frequentes, influenciam a ocorrência de doenças nas videiras, principalmente o míldio, causado pelo patógeno Plasmopara viticola. Para a garantia de alta produtividade e qualidade visual dos frutos, torna-se necessário, durante todo o ciclo, uma grande quantidade de aplicações de fungicidas, o que onera sobremaneira o produtor e faz com que os frutos dessa cultura sejam um dos que mais apresentam resíduos de agrotóxicos. O cultivo protegido tem se mostrado uma alternativa viável para alterar favoravelmente o microclima dos vinhedos, reduzindo a ocorrência e severidade do míldio da videira e, consequentemente, reduzindo o número de aplicações de fungicidas. Para tanto, o uso de modelos de alerta fitossanitário são fundamentais para que o sistema se torne eficiente. Assim, no presente estudo será avaliada a eficiência de diferentes sistemas de alerta fitossanitário no controle do míldio em vinhedos de 'BRS Morena', conduzidos com e sem coberturas plásticas. As condições micrometeorológicas proporcionados em ambiente com e sem cobertura plástica serão monitoradas e fornecerão dados para a aplicação de diferentes sistemas de alerta e, assim, será verificada a validade desses modelos, por meio da avaliação da severidade do míldio e da produtividade e qualidade dos frutos produzidos. Os experimentos serão conduzidos em área experimental na região de Jales-SP, pertencente à Estação Experimental de Viticultura Tropical (EEVT) da Embrapa Uva e Vinho. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HOLCMAN, ESTER; SENTELHAS, PAULO CESAR; SPOSITO, MARCEL BELLATO; FONSECA CONCEICAO, MARCO ANTONIO; ZARATE COUTO, HILTON THADEU. Yield and quality of grapes cultivated under plastic coverings with different downy mildew control strategies. JOURNAL OF PHYTOPATHOLOGY, v. 167, n. 3, p. 185-195, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.
HOLCMAN, ESTER; SENTELHAS, PAULO CESAR; FONSECA CONCEICAO, MARCO ANTONIO; ZARATE COUTO, HILTON THADEU. Vineyard microclimate and yield under different plastic covers. INTERNATIONAL JOURNAL OF BIOMETEOROLOGY, v. 62, n. 6, p. 925-937, JUN 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.