Busca avançada
Ano de início
Entree

Não imagine que precise ser triste para ser militante, ditaduras e memórias

Processo: 12/50194-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de junho de 2012 - 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Susel Oliveira da Rosa
Beneficiário:Susel Oliveira da Rosa
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Tortura  Amizade  Militância  Ditadura  Exílio  Mulheres 

Resumo

Desejando entender o universo das mulheres que viveram os anos da ditadura militar dentro e fora do Brasil as resistências possíveis, o que as manteve e mantém até hoje “empenhadas com o mundo”: apesar das diferentes trajetórias, o livro traz reflexões sobre as trajetórias de Nilce Cardoso, Danda Prado e Flávia Schilling. Trilhando caminhos próprios, tanto Nilce que durante a ditadura militar participou da ação popular, tendo sido presa e torturada como Danda que desde o exílio, no final da década de sessenta, passou a fazer parte do movimento feminista e também Flávia que, mesmo durante os oito anos de prisão nos cárceres uruguaios, não perdeu seu empenho com o mundo, buscam a categoria do possível, tecendo para si “movimentos intensos de afirmação da vida”. Afirmação da vida que, no auge da repressão política, Nilce estabeleceu através de um investimento constante na potência política da amizade. Danda através da “coragem feminista” que criou espaços para o feminismo libertário em terras brasileiras. Flávia, mantendo a subjetividade revolucionária em devir constante, traçando resistências possíveis durante os anos que passou nos cárceres da repressão. Entrelaçando a memória individual à memória coletiva, o texto diz respeito também a Delsy de Paula Vara Gouveia, Cicera e Jacilene, Diógenes Sobrose, Vera Silvia Magalhães, Alba Mabel, Lia Maciel, “Oso Ogui”, “Anonymous”, “Toddy” e tantos outros presentes direta ou indiretamente ao longo de suas páginas. (AU)