Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das causas de recusa familiar para a doação de órgãos e tecidos

Processo: 12/05348-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2012 - 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Bartira de Aguiar Roza
Beneficiário:Bartira de Aguiar Roza
Instituição-sede: Escola Paulista de Enfermagem (EPE). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Janine Schirmer
Assunto(s):Obtenção de tecidos e órgãos  Doação de órgão  Recusa de participação  Família 

Resumo

O processo de doação de órgãos e tecidos no Brasil vem apresentando uma crescente melhora nos números de doadores de órgãos e tecidos, contudo o potencial para melhorar tais números é muito maior do que o observado atualmente. Dentre as causas que levam a perda ou impossibilidade da efetivação de uma doação de órgãos e tecidos destaca-se a recusa familiar a solicitação da doação, que desde o início de 2009 é a principal causa da não efetivação da doação de potenciais doadores. Mediante isso, a pesquisa pretende identificar quais são as causas que levaram os familiares de potenciais doadores de órgãos e tecidos a recusarem a solicitação da doação feita pelos profissionais da Organização de Procura de Órgãos da Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina (OPO/EPM) no ano de 2009 e 2010. Neste período foram notificados 901 casos pela OPO/EPM, correspondendo a 70,9 pmp, destes 266 tornaram-se doadores efetivos equivalendo a 16,5 pmp. Após uma triagem dos prontuários obtidos a partir de 2010 serão identificados os casos de recusa familiar. Trata-se de um estudo transversal exploratório retrospectivo que foi estruturado a partir de um desenho semi-experimental. Os dados serão obtidos a partir de uma entrevista realizada com os familiares que recusaram a doação, buscando quantificar o objetivo proposto. O instrumento de coleta será avaliado por um comitê de especialistas no processo de doação e captação de órgãos, para analisar as perguntas norteadoras da entrevista deste estudo. A análise dos dados utilizará a revisão logística para verificar a relação entre as variáveis propostas no estudo e a pergunta relacionada à recusa familiar frente a doação de múltiplos órgãos e tecidos de seu parente falecido. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Doação de órgãos: A arte de dar más notícias 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ERBS PESSOA, JOAO LUIS; SCHIRMER, JANINE; ROZA, BARTIRA DE AGUIAR. Avaliação das causas de recusa familiar a doação de órgãos e tecidos. Acta Paulista de Enfermagem, v. 26, n. 4, p. 323-330, 2013. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.