Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação das características químicas da atmosfera em diferentes ambientes no estado de São Paulo: estudo da deposição de espécies reativas de nitrogênio

Processo: 12/06416-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2012 - 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Maria Cristina Forti
Beneficiário:Maria Cristina Forti
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Pesq. associados:Christine Laure Marie Bourotte ; Jean Pierre Henry Balbaud Ometto ; Maurício Ranzini ; Plínio Carlos Alvalá ; Silvia Ribeiro de Souza ; Valdir de Cicco
Bolsa(s) vinculada(s):13/10486-8 - Determinação das características químicas da atmosfera em diferentes ambientes no estado de São Paulo: estudo da deposição de espécies reativas de nitrogênio, BP.TT
12/15364-5 - Treinamento técnico para utilização da técnica de cromatografia a líquido para análises de cátions e ânions em extrato aquoso de particulado atmosférico, BP.TT
Assunto(s):Ciclo do nitrogênio  Espécies reativas de nitrogênio 

Resumo

A variação da quantidade de nitrogênio reativo presente nos diferentes ambientes terrestres está intimamente ligada às mudanças ambientais, à contaminação de ecossistemas aquáticos e terrestres e à perda de biodiversidade. O entendimento sobre a acumulação de nitrogênio reativo no ambiente depara-se ainda com grandes lacunas e questões como "quanto o aumento da deposição de nitrogênio reativo pode interferir no funcionamento de diferentes ecossistemas" ou "como ocorre a interação e o acoplamento do ciclo do nitrogênio com os outros ciclos tais como o do C, S e P" ainda precisam de resposta. Desta forma a questão científica que se apresenta refere-se à quantificação da concentração e da deposição de espécies químicas de nitrogênio reativo nas formas, inorgânica e orgânica, presentes na atmosfera de algumas regiões do Estado de São Paulo. Esta pesquisa buscará determinar, a partir das medidas de concentração de diferentes espécies químicas, a deposição atmosférica das mesmas, em alguns locais com diferentes ambientes no estado de São Paulo viabilizando a utilização de um sistema de amostragem de baixo custo e com possibilidade de replicar o modelo estabelecido para outras regiões, estendo-se assim a área de observação. Serão determinadas as concentrações em extrato aquoso das seguintes espécies químicas gasosas: NH_3, HNO_3, SO_2, HCl e no aerossol: NH_4^+, NO_3^-, SO_4^(2-), Cl^-, Na^+, Ca^(2+), Mg^(2+) presentes na atmosfera. Com os resultados desta pesquisa, espera-se que possamos contribuir com informações para avaliar a vulnerabilidade regional a eventuais mudanças na deposição de espécies reativas de nitrogênio, decorrentes de sua acumulação e deposição; identificar as possíveis mudanças nos padrões de deposição (caso ocorram) sobre os serviços dos ecossistemas bem como contribuir para o entendimento da conexão entre o componente atmosférico do ciclo do nitrogênio e os ciclos do C e do S, e como essas alterações podem interferir no clima. (AU)