Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel de estatinas na modulação de microRNAs em células mononucleares de pacientes hipercolesterolêmicos

Processo: 11/21967-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2012 - 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Rosario Dominguez Crespo Hirata
Beneficiário:Rosario Dominguez Crespo Hirata
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Glauber da Costa de Brito ; Luis Antonio Salazar Navarrete ; Mario Hiroyuki Hirata
Assunto(s):Farmacogenética  Doenças cardiovasculares  Hipercolesterolemia  Anticolesterolemiantes  Inibidores de hidroximetilglutaril-CoA redutases  Expressão gênica  MicroRNAs  Regulação da expressão gênica  RNA mensageiro 

Resumo

A doença cardiovascular (DCV) é considerada a principal causa de mortalidade no mundo, criando um grave problema de saúde pública e um alto custo para os sistemas de saúde. A etiologia da DCV é multifatorial e tem vários fatores de risco, como a dislipidemia entre outros. As estatinas, inibidores da síntese de colesterol, são os medicamentos mais prescritos para o tratamento da dislipidemia. Em diferentes modelos celulares, as estatinas modificam a expressão de genes envolvidos na homeostase do colesterol. Entretanto, são escassas as informações sobre o controle pós-transcricional exercido pelos RNAs não-codificantes denominados microRNAs (MIRs), na regulação do colesterol, sobretudo em resposta a estatinas. Com a finalidade de investigar o impacto da terapia hipolipemiante sobre a modulação de MIRs será avaliado o perfil de expressão global de MIRs por tecnologia de PCR array, usando como modelo de estudo células mononucleares de sangue periférico (CMSP) provenientes de indivíduos hipercolesterolêmicos (HC) tratados com atorvastatina e sinvastatina. A expressão de RNAm de alguns genes regulados por MIRs será também avaliada por PCR em tempo real. A interação de MIRs diferencialmente expressos com a expressão RNAm de genes alvo será avaliada por ferramentas de bioinformática (PicTar, miRBase, TargetScan, MicroCosm Target, miRDB e PITA). A rede de interações entre genes regulados por MIRs será estudada utilizando-se o programa Ingenuity Pathway Analysis. Polimorfismos localizados em sequencias de MIRs e em genes alvo serão analisados em um grupo de pacientes HC tratados com atorvastatina para investigar sua relação com a resposta farmacológica. Os resultados deste estudo contribuirão para esclarecer os mecanismos e as vias moleculares envolvidas na resposta aos medicamentos hipolipemiantes. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZAMBRANO, TOMAS; HIRATA, ROSARIO D. C.; HIRATA, MARIO H.; CERDA, ALVARO; SALAZAR, LUIS A. Statins differentially modulate microRNAs expression in peripheral cells of hyperlipidemic subjects: A pilot study. European Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 117, p. 55-61, MAY 30 2018. Citações Web of Science: 3.
ZAMBRANO, TOMAS; HIRATA, ROSARIO D. C.; HIRATA, MARIO H.; CERDA, ALVARO; SALAZAR, LUIS A. Altered microRNome Profiling in Statin-Induced HepG2 Cells: A Pilot Study Identifying Potential new Biomarkers Involved in Lipid-Lowering Treatment. CARDIOVASCULAR DRUGS AND THERAPY, v. 29, n. 6, p. 509-518, DEC 2015. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.