Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficácia e segurança dos análogos da somatostatina e da cirurgia trans-esfenoidal no tratamento da acromegalia

Processo: 11/20517-2
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2012 - 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Vania dos Santos Nunes Nogueira
Beneficiário:Vania dos Santos Nunes Nogueira
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Celia Regina Nogueira ; Cesar Luiz Boguszewski ; Marco Antônio Zanini
Assunto(s):Endocrinologia  Acromegalia  Somatostatina 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Acromegalia | Analogos da Somatostatina | Cirurgia Trans-esfenoidal | metanálise | revisão sistemática | Endocrinologia

Resumo

Dentre as opções de tratamento para a Acromegalia, a cirurgia trans-esfenoidal é a primeira opção na maioria dos casos. Porém, grande parte dos pacientes apresenta ao diagnóstico tumores invasivos, com baixa chance de cura cirúrgica, e por isso a maioria acaba recebendo o análogo da somatostatina (AS) como tratamento complementar. Estudos prévios comparando a cirurgia trans-esfenoidal versus o AS como tratamento primário desta neoplasia apresentaram resultados controversos. Tem sido também estudado se o AS administrado antes da cirurgia pode melhorar o resultado cirúrgico final, mas ainda não existe evidências em relação a isto. Quando comparado octreotida versus lanreotida, ambos parecem ser efetivos no tratamento complementar a cirurgia. Contudo, não há revisões sistemáticas envolvendo esses tópicos, e os principais estudos existentes levaram em consideração os antigos critérios de cura da acromegalia (GH basal < 2,5 ng/mL e IGF1 normal). O objetivo deste trabalho será avaliar a eficácia e segurança dos ASs e da cirurgia trans-esfenoidal no tratamento da acromegalia, comparando: (a) cirurgia direto versus cirurgia precedida pelo AS e (b) os ASs entre si. Em todos estes subitens serão comparados os resultados com os critérios de cura antigos versus os atuais (GH basal < 1 ng/mL e IGF1 normal). Para isto, será realizada uma revisão sistemática da literatura de acordo com a metodologia da Colaboração Cochrane. Quando os dados de mais de um estudo forem homogêneos, e com seus respectivos desfechos clínicos semelhantes; eles serão plotados em uma metanálise. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NUNES, V. S.; CORREA, J. M. S.; PUGA, M. E. S.; SILVA, E. M. K.; BOGUSZEWSKI, C. L.. Preoperative somatostatin analogues versus direct transsphenoidal surgery for newly-diagnosed acromegaly patients: a systematic review and meta-analysis using the GRADE system. Pituitary, v. 18, n. 4, p. 500-508, . (11/20517-2)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.