Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelos de regeneração hepática em animais jovens com estenose da veia porta ou ligadura da artéria hepática: estudos histológicos, imunoistoquímicos, moleculares: avaliação dos efeitos da insulina e do tacrolimus como agentes regenerativos

Processo: 12/04122-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2012 - 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Ana Cristina Aoun Tannuri
Beneficiário:Ana Cristina Aoun Tannuri
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Ariane Nadia Backes ; Uenis Tannuri
Assunto(s):Cirurgia pediátrica  Transplante de fígado  Regeneração hepática  Veia porta  Trombose venosa  Hepatectomia 

Resumo

Com a realização cada vez mais freqüente de transplantes de segmentos ou lobos hepáticos em crianças, cresceu o interesse pelo estudo da regeneração hepática. Complicações vasculares pós-operatórias no transplante hepático, como trombose/estenose da veia porta e trombose da artéria hepática podem levar a complicações biliares e retransplante por insuficiência hepática refratária em até 10% dos casos. Drogas com efeito pró-regenerativo, como insulina e tacrolimus, poderiam ter efeito benéfico em tais situações. O presente trabalho objetiva criar e padronizar modelo de regeneração hepática em ratos jovens com prejuízo do suprimento do sangue arterial ou portal, estabelecendo um paralelo com o que ocorre com as crianças pequenas submetidas a transplante hepático e que evoluem com complicações vasculares. Além disso, será estudada a ação de drogas pró-regenerativas (insulina e tacrolimus) neste modelo. Ratos recém-desmamados serão divididos em 6 grupos, de acordo com o tipo de intervenção: grupo 1- abertura da cavidade, sem intervenção (controle); grupo 2- hepatectomia 70% (ressecção de 70% da massa hepática); grupo 3- hepatectomia 70% + estenose da veia porta; grupo 4- hepatectomia 70% + ligadura da artéria hepática, grupo 5- hepatectomia 70% + estenose porta + insulina; grupo 6- hepatectomia 70% + estenose porta + tacrolimus. Os grupos 2, 3 e 4 serão subdivididos em 5 subgrupos de acordo com o momento do óbito dos animais: 1, 2, 3, 5 e 10 dias após a intervenção cirúrgica. Os grupos 5 e 6 serão subdivididos em 2 subgrupos de acordo com o momento do óbito: 2 e 10 dias após a intervenção cirúrgica. Após o óbito, os ratos serão pesados e seus fígados colhidos, pesados e submetidos à análise histológica qualitativa, definição do índice mitótico, análise imunoistoquímica pelo método do Ki-67 e análise molecular da expressão do gene da interleucina-6. A comparação dos índices de sobrevida dos diferentes grupos será realizada por meio do teste do qui-quadrado e teste exato de Fisher. A relação do peso do fígado remanescente com o peso corpóreo será analisada pelo teste ANOVA. As análises histológicas, imunoistoquímicas e moleculares, por se tratarem de variáveis contínuas de distribuição assimétrica, serão realizadas pelo teste de Kruskal-Wallis. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NADIA BACKES, A.; AOUN TANNURI, A. C.; MENDONCA COELHO, M. C.; MENDES GIBELLI, N. E.; BACKES, F. N.; TANNURI, U. Liver Regeneration Model in Growing Rats With Hepatic Artery Ligation: Histologic and Molecular Studies. Transplantation Proceedings, v. 47, n. 4, p. 1033-1037, MAY 2015. Citações Web of Science: 0.
BACKES, ARIANE NADIA; AOUN TANNURI, ANA CRISTINA; BACKES, FABIANE NEIVA; RODRIGUES QUEIROZ, AMADEU JOSE; MENDONCA COELHO, MARIA CECILIA; DA SILVA, ELENICE LIMA; DE MELLO, EVANDRO SOBROZA; TANNURI, UENIS. Effects of tacrolimus and insulin in a liver regeneration model in growing animals with portal vein stenosis: immunohistochemical and molecular studies. PEDIATRIC SURGERY INTERNATIONAL, v. 30, n. 4, p. 423-429, APR 2014. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.