Busca avançada
Ano de início
Entree

Estado, partidos políticos e sociedade no Brasil Contemporâneo

Processo: 12/05132-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de agosto de 2012 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Comportamento Político
Pesquisador responsável:Pedro José Floriano Ribeiro
Beneficiário:Pedro José Floriano Ribeiro
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):17/12222-9 - 113th APSA Annual Meeting & Exhibition, AR.EXT
14/50740-3 - Multilevel party organization: Brazil and Western Europe in comparative perspective, AP.R SPRINT
Bolsa(s) vinculada(s):17/15173-9 - Sobrevivendo ao jogo: estratégias e trajetórias partidárias no Brasil, BP.DR
16/22897-0 - Quem tem a força? As relações de poder intra partidárias em perspectiva multi-nível, BP.MS
14/21401-6 - Quem dirige os dirigentes? uma análise comparada dos órgãos de cúpula do PMDB, PFL/DEM e PSDB, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 14/24621-7 - Biblioteca e banco de dados dos partidos políticos brasileiros, BP.TT
13/16831-9 - Estrutura das conexões internacionais dos partidos políticos brasileiros (1995 - 2012), BP.MS
13/12147-6 - Gênese partidária: a questão da formação do partido social democrático no estado de São Paulo, BP.MS
13/22394-0 - Elites, profissionalização e patronagem partidária no Brasil, BP.IC
13/00452-9 - "uma análise organizacional das juventudes partidárias do PSDB e Pt no Estado de São Paulo", BP.IC
12/19136-7 - Profissionalização política e patronagem partidária no Brasil Contemporâneo, BP.IC
12/19138-0 - Bases organizativas e sociais dos partidos políticos brasileiros, BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Estado (política)  Partidos políticos  Sociedade  Brasil 

Resumo

O projeto visa estudar os atuais partidos políticos brasileiros com uma abordagem organizacional, que ainda constitui uma lacuna no país. De certa forma, trata-se de um desdobramento "natural" da pesquisa de doutorado do proponente (Ribeiro, 2010a). O universo da pesquisa privilegia os maiores partidos do atual regime, em perspectiva comparada: PT, PSB, PMDB, PSDB, PFL/DEM e PP. O objetivo geral é traçar uma radiografia de suas estruturas nacionais, com uma coleta exaustiva de dados a respeito de diversos aspectos de suas organizações, com uma perspectiva diacrônica - da fundação aos dias atuais. Superando o referencial normativo do partido de massa duvergeriano, serão avaliadas também as íntimas relações existentes entre as agremiações e o Estado brasileiro. Duas dimensões analíticas são mobilizadas: a) dimensão funcional: o locus e os vínculos do partido em relação à sociedade e ao Estado; b) dimensão organizativa: estrutura interna, em termos da concentração decisória (influência das bases e dos detentores de cargos públicos nas decisões internas), e da articulação e grau de centralização entre as instâncias dos três níveis federativos. Os principais resultados esperados são: elaboração de uma radiografia acerca das organizações partidárias do país; construção de um banco de dados com tais informações, que ficará disponível a outros pesquisadores, em um Centro de Estudos de Partidos Políticos (estruturado com recursos do Auxílio); um diálogo com a literatura internacional que tem abordado o tema, situando a experiência brasileira nos conceitos e modelos mais recentes e propondo, se necessário, novos arcabouços teórico-analíticos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIBEIRO, PEDRO FLORIANO; DO AMARAL, OSWALDO E. PARTY MEMBERS AND HIGH-INTENSITY PARTICIPATION: EVIDENCE FROM BRAZIL. Revista de ciencia política (Santiago), v. 39, n. 3, p. 489-515, 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.