Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de métodos estimativos da pressão arterial direta em gatos anestesiados com isofluorano: otimização da acurácia do Doppler ultrasônico e avaliação da performance de um novo monitor oscilométrico

Processo: 12/09837-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2012 - 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Francisco José Teixeira Neto
Beneficiário:Francisco José Teixeira Neto
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Anestesiologia veterinária  Pressão sanguínea  Hipotensão  Felinos (criação) 

Resumo

Justificativa: Embora o doppler seja o monitor de pressão arterial mais empregado em felinos, os valores de pressão arterial sistólica (PAS) estimados por este método não-invasivo subestimam a PAS obtida pelo método invasivo em cerca de 25 mmHg nesta espécie (Caulkett et al, 1998). É possível otimizar a acurácia da PAS estimada pelo doppler comparando-se a diversos posicionamentos do manguito e/ou empregando-se manguitos menores que os classicamente empregados (relação largura do maguito / circunferência do membro < 40%). Entretando não há estudos explorando estas possibilidades com o objetivo de melhorar a acurácia deste método de monitoração da pressão arterial na espécie felina. Além do doppler, o PetMap® é um monitor de pressão arterial oscilométrico portátil que tem sido empregado com frequência em felinos. Entretanto, se desconhece a concordância entre a pressão arterial estimada pelo PetMap® e a pressão arterial obtida pelo método direto (padrão ouro) em felinos submetidos à condição de hipotensão e hipertensão. Objetivos: Objetivo 1: Comparar manguitos de 2 diferentes tamanhos (1 e 2) afixados em diferentes locais (abaixo do tarso, acima do tarso, terço distal do rádio/ulna), visando encontrar a configuração mais adequada para a otimização da performance do monitor doppler com método estimativo da PAS em felinos. Objetivo 2: Comparar o monitor oscilométrico portátil (PetMap®) e o monitor oscilométrico de mesa (Digicare®) no que se refere a capacidade destes monitores em estimar corretamente os valores de pressão arterial determinados pelo método invasivo em felinos. Animais: 8 gatos adultos. Procedimentos: Após premedicação com midazolam (0,2 mg/kg), cetamina (5 mg/kg) e metadona (0,1 mg/kg), a anestesia será induzida com propofol e mantida com isofluorano em oxigênio sob ventilação mecânica. Para o emprego do monitor Doppler, os manguitos de número 1 ou 2 serão posicionados acima e abaixo da articulação do tarso, e acima da articulação do carpo. O manguito a ser empregado com o monitor PetMap® e com o monitor Digicare® será posicionado no membro anterior (acima da articulação do carpo). Com base na pressão arterial obtida pelo método direto (cateterização da artéria dorsal podal), condições de pressão arterial sistólica (PAS, mm Hg) reduzida (PAS < 90 e e 60), normal (e 90 e < 140), ou elevada (>140 e d 180) serão induzidas através de alterações na concentração de isofluorano e/ou da administração de dopamina. As diferenças dos metódos não-invasivos em relação ao método invasivo serão analisadas pelo método de Bland-Altman e comparadas por meio de ANOVA, seguido pelo teste de Tukey (p<0.05). Resultados esperados: Objetivo 1: Espera-se que com o emprego de manguito de menor tamanho possível (relação largura/circunferência < 0,3) a concordância entre os métodos indireto (doppler) e direto (pressão arterial invasiva) seja otimizada. Também espera-se identificar qual posicionamento do manguito (terço distal do rádio/ulna, acima do tarso, abaixo do tarso) seria recomendado para otimização da concordância entre os métodos indireto e direto de aferição da pressão arterial em felinos. Objetivo 2: Espera-se verificar se o novo monitor oscilométrico veterinário (PetMap®) apresenta performance satisfatória (erro < 10 mmHg em relação ao padrão ouro na maioria das leituras) para que este seja aceito como método estimativo da pressão arterial em felinos anestesiados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CEREJO, SOFIA A.; TEIXEIRA-NETO, FRANCISCO J.; GAROFALO, NATACHE A.; PIMENTA, EUTALIO L. M.; ZANUZZO, FELIPE S.; KLEIN, V, ADRIANA. Effects of cuff size and position on the agreement between arterial blood pressure measured by Doppler ultrasound and through a dorsal pedal artery catheter in anesthetized cats. VETERINARY ANAESTHESIA AND ANALGESIA, v. 47, n. 2, p. 191-199, MAR 2020. Citações Web of Science: 0.
CEREJO, SOFIA A.; TEIXEIRA-NETO, FRANCISCO J.; GAROFALO, NATACHE A.; RODRIGUES, JESSICA C.; CELEITA-RODRIGUEZ, NATHALIA; LAGOS-CARVAJAL, ANGIE P. Comparison of two species-specific oscillometric blood pressure monitors with direct blood pressure measurement in anesthetized cats. JOURNAL OF VETERINARY EMERGENCY AND CRITICAL CARE, v. 27, n. 4, p. 409-418, JUL-AUG 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.