Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da ação dos radicais livres de oxigênio através da peroxidação lipídica, no período neonatal, e sua capacidade oxidante

Processo: 95/00436-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 1995 - 31 de agosto de 1997
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Abrahão Berezin
Beneficiário:Abrahão Berezin
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Radicais livres  Oxigênio  Antioxidantes  Malondialdeído  Superóxido dismutase  Peroxidação de lipídeos  Recém-nascido 

Resumo

Os radicais livres de oxigênio são espécies extremamente reativas que, apesar do papel crucial nos processos biológicos, são potencialmente lesivos e estão implicados na patogênese de diversas patologias no período neonatal, tais como: asfixia neonatal, broncodisplasia, doença da membrana hialina, septicemia, etc.. A injúria causada pelos radicais livres de O2 é combatida por defesas enzimáticas, através da superóxido dismutase, catalase e glutation peroxidase e por antioxidantes não enzimáticos (glutation, bilirrubina, vitamina E e A). Esta pesquisa tem por objetivo avaliar a ação dos radicais livres através da peroxidação lipídica no período neonatal (principal técnica de avaliação) e a sua capacidade oxidante. Apesar de estudos de literatura, não há pesquisas nesta área em nosso meio. (AU)