Busca avançada
Ano de início
Entree

Pranab Kumar Sen | School of Public Health/University of North Carolina - Estados Unidos

Processo: 02/04332-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 22 de julho de 2002 - 07 de agosto de 2002
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Probabilidade e Estatística - Probabilidade e Estatística Aplicadas
Pesquisador responsável:Hildete Prisco Pinheiro
Beneficiário:Hildete Prisco Pinheiro
Pesquisador visitante: Pranab Kumar Sen
Inst. do pesquisador visitante: University of North Carolina at Chapel Hill (UNC), Estados Unidos
Instituição-sede: Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Análise de variância  Dados categorizados 

Resumo

Em análise de sequências genômicas encontramos dados com um grande números de posições ou sítios e, em cada posição, uma resposta categórica qualitativa, nucleotídeo (ou aminoácido), com 4 (ou 20) categorias de uma sequência de DNA (ou de proteínas). A dependência espacial ou padrões de associação entre esses sítios podem não ser conhecidos mas não podemos assumir que estes sejam independentes. Devido a estrutura de dados e as dificuldades computacionais e físicas de se obterem grandes amostras (no sentido de número de sequências), devemos preocupar-nos com teorias assintóticas. Os objetivo deste projeto é estender o teste de homogeneidade de grupos proposto por Pinheiro el alii (2002). A extensão será desenvolvida em duas vias: por uma correção de ordem superior na soma de quadrados, com o que devemos melhorar o poder e o tamanhos dos teste para pequenas e médias amostras, sem intensificar as dificuldades computacionais; e pela utilização de uma estatística de teste alternativa para o problema de homogeneidade, que é computacionalmente mais simples mas que necessita de maiores cuidados quanto à distribuição assintótica. Por essa razão, uma das maneiras de utilizá-la na prática seria por testes não-paramétricos de permutação. (AU)