Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos protocolos e resultados e planejamento das atividades científicas do banco de encéfalos humanos do grupo de estudo em envelhecimento cerebral

Processo: 09/06200-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 16 de agosto de 2009 - 30 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Wilson Jacob Filho
Beneficiário:Wilson Jacob Filho
Pesquisador visitante: Rivka Ravid
Inst. do pesquisador visitante: Royal Netherlands Academy of Arts and Sciences, Holanda
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Demência  Doenças degenerativas  Envelhecimento  Cérebro  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

A Profa. Rivka Ravid irá participar da avaliação dos resultados obtidos nos últimos dois anos pelo BEHGEEC e do planejamento estratégico para o próximo biênio. Esses resultados compreendem os números do próprio BEHGEEC e a produção cientifica obtida com esse material, tanto do GEEC como dos colaboradores. Objetivamos avaliar se as escolhas realizadas em termos de linhas de pesquisa a serem desenvolvidas e projetos colaborativos foram acertadas e o que é necessário corrigir Ademais, a Profa. Rivka interagira diretamente com os alunos e pesquisadores demonstrando técnicas utilizadas na boa prática de bancos de tecido. Durante a segunda semana da visita, elaboraremos em conjunto o código de conduta do BEHGEEC, baseado em critérios aceitos internacionalmente. Por fim, a Profa. Rivka participará no 2º encontro brasileiro dos pesquisadores em envelhecimento cerebral e proferirá a palestra "Brain banks can make or break biomarkers in Alzheimer's disease and Parkinson's disease". Contar com alguém tão qualificado com a Profa. Rivka que nos oriente e participe ativamente de nossas decisões é fundamental para maximizar sucesso de nossos esforços e diminuir desperdício de tempo e dinheiro. Apesar do BEHGEEC já ter certo reconhecimento e experiência, o mesmo está em funcionamento há apenas cinco anos. Estamos seguros que a qualidade de nosso projeto pode ser ainda mais aprimorada e beneficiar mais grupos de pesquisas no estado e no país. A cada ano surgem novos projetos e parceiros que têm outras necessidades. Assim se faz necessário sermos versáteis para que possamos oferecer o que a comunidade científica precisa. (AU)