Busca avançada
Ano de início
Entree

David John McKenzie | Centre National de la Recherche Scientifique - França

Processo: 10/51886-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 08 de dezembro de 2010 - 11 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Pesquisador responsável:Augusto Shinya Abe
Beneficiário:Augusto Shinya Abe
Pesquisador visitante: David John Mckenzie
Inst. do pesquisador visitante: Université Montpellier 2, França
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Peixes 

Resumo

Em peixes de respiração exclusivamente aquática, a hipóxia pode limitar severamente a performance aeróbica e reduzir o desempenho ou inibir a elevação da atividade ou a digestão. Nos teleósteos de respiração bimodal há a redução na importância relativa das brânquias para a tomada de O2, sendo este fato refletido em sua redução da área superficial branquial. Desta forma, elevações de demanda metabólica como durante a natação ou durante o incremento metabólico pós-prandial, a princípio, só poderiam ser supridas com o aumento da respiração aérea. Este projeto tem o objetivo de investigar se peixes com respiração aérea utilizam este recurso para adequar o fornecimento de oxigênio a elevações da demanda metabólica, por sua vez, relacionadas à atividade forçada. Além disto, também será investigado se a respiração aérea pode suprir as necessidades metabólicas em detrimento da disponibilidade de oxigênio na água. Duas espécies neotropicais, o carapó, Gymnotus carapo (com respiração aérea facultativa) e o pirarucu, Arapaima gigas (com respiração aérea obrigatória), serão comparadas tendo aferidos seu metabolismo respiratório na água e ar e frequência de respiração aérea frente à atividade forçada (protocolos de “velocidade crítica de natação” - Ucrit protocol). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SARTORI, M. R.; TAYLOR, E. W.; ABE, A. S. Nitrogen excretion during embryonic development of the green iguana, Iguana iguana (Reptilia; Squamata). COMPARATIVE BIOCHEMISTRY AND PHYSIOLOGY A-MOLECULAR & INTEGRATIVE PHYSIOLOGY, v. 163, n. 2, p. 210-214, OCT 2012. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.