Busca avançada
Ano de início
Entree

Preparação de cerâmicas orientadas por síntese em campos elétricos e magnéticos a partir de precursores nanoestruturados

Processo: 11/00886-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 01 de maio de 2011 - 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Elson Longo da Silva
Beneficiário:Elson Longo da Silva
Pesquisador visitante: Goran Brankovic
Inst. do pesquisador visitante: University of Belgrade, Sérvia
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14324-0 - Multidisciplinary Center for Development of Ceramic Materials, AP.CEPID
Assunto(s):Materiais cerâmicos  Materiais ferroelétricos  Óxidos semicondutores  Intercâmbio de pesquisadores  Cooperação internacional 

Resumo

O Dr. Goran Brankovic vai trabalhar em um novo enfoque de processamento de cerâmicas funcionais com a aplicação de um campo elétrico ou magnético. Sabe-se que a funcionalidade de materiais é sempre relacionada com a polarasibilidade (elétrica ou magnética) da estrutura cristalina. A preparação de cerâmicas ou filmes orientados permitem otimizar propriedades anisotrópicas (mecânica, térmica, elétrica ou magnética) com valores similares ao de um monocristal, abrindo novas perspectivas para aplicações. A aplicação de campos elétricos ou magnéticos pode resultar em cerâmicas anisotrópicas. Muito embora existem uma ampla classe de materiais polares, até o presente não existe na literatura dados de investigação sistemática de possíveis usos de campos elétricos ou magnéticos em síntese e processamento desses materiais. Desta forma, o objetivo principal deste trabalho é fazer uma investigação sitemática que envolverá tanto síntese e processamento de materiais semicondutores (ZnO, TiO2) como ferroelétricos (BaTiO3) ou multiferroicos (YMnO3), utilizando diferente métodos de síntese e de processamento (síntese química, colagem por fita, "rf sputtering" etc), com a aplicação de campos elétricos ou magnéticos. A aplicação de campos externos no processamento de materiais é eficiente se utilizarmos pós nanométricos. As nanoestruturas sempre tendem a auto organização e a aplicação de campos externos leva a formação de estruturas orientadas. Assim, pretende-se correlacionar parâmetros importantes de síntese com estrutura, microestrutura e propriedades funcionais de cerâmicas ou filmes e estabelecer correlações entre intensidade do campo, precursores e propriedades finais. (AU)