Busca avançada
Ano de início
Entree

Método LDA-1/2 aplicado à obtenção de propriedades físicas de materiais semicondutores e nanocompostos

Processo: 11/10799-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 15 de agosto de 2011 - 16 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Lara Kühl Teles
Beneficiário:Lara Kühl Teles
Pesquisador visitante: Jürgen Furthmüller
Inst. do pesquisador visitante: Friedrich Schiller University Jena, Alemanha
Instituição-sede: Divisão de Ciências Fundamentais (IEF). Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Ministério da Defesa (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/05858-0 - Estudo teórico de ligas semicondutoras com aplicações em spintrônica e optoeletrônica, AP.JP
Assunto(s):Semicondutores  Pontos quânticos  Métodos ab initio  Nanocompostos  Impureza magnética  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

O plano de trabalho será executado desenvolvendo as seguintes atividades: 1. Otimização do código VASP nas máquinas do grupo GMSN do ITA; 2. Mini-curso sobre o programa VASP com ênfase em cálculos utilizando novos funcionais e métodos para correção do gap; 3. Validação do método LDA-1/2 para diversos sistemas; 4. Discussão dos resultados já obtidos para as propriedades eletrônicas, termodinâmicas, estruturais de ligas envolvendo óxidos, tais como MgZnO e CdZnO; 5. Discussão dos resultados já obtidos para sistemas com aplicações em spintrônica: (i) Ligas de semicondutores magnéticos e sistemas relacionados - influência da correção do gap, (ii) heteroestrutura digital semicondutora magnética; 6. Discussão dos cálculos em andamento relacionados aos seguintes sistemas nanoestruturados: (i) fios quânticos e (ii) pontos quânticos; 7. Começar um estudo para correlacionar a teoria desenvolvida para o método LDA-1/2 com a teoria de outros métodos, tais como GW, funcionais híbridos, etc. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Grupo do ITA consegue destaque internacional com pesquisas sobre semicondutores magnéticos