Busca avançada
Ano de início
Entree

Programa de apoio a agroindústria, abastecimento e alimentação de Piedade, São Paulo

Processo: 98/14048-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Vigência: 01 de novembro de 1999 - 30 de setembro de 2003
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Marina Vieira da Silva
Beneficiário:Marina Vieira da Silva
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Instituição parceira: Prefeitura Municipal de Piedade
Bolsa(s) vinculada(s):01/06491-9 - Programa de apoio a agroindústria, abastecimento e alimentação no município de Piedade, São Paulo, BP.TT
00/02664-3 - Programa de apoio a agroindústria, abastecimento e alimentação no município de Piedade, SP, BP.TT
00/02995-0 - Programa de apoio a agroindústria, abastecimento e alimentação no município de Piedade, São Paulo., BP.TT
00/02421-3 - Programa de apoio a agroindústria, abastecimento e alimentação no município de Piedade, São Paulo, BP.TT
00/02663-7 - Programa de apoio a agroindústria, abastecimento e alimentação no município de Piedade, SP, BP.TT
Assunto(s):Programas e políticas de nutrição e alimentação  Merenda escolar  Indústria agrícola  Formação e capacitação de recursos humanos  Produtos agrícolas  Empreendedorismo  Piedade (SP) 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_188_147_147.pdf

Resumo

A importância da consolidação de programas públicos, implementados a medida do possível em parceria, que possibilitem formação/reciclagem de recursos humanos, especialmente através do desenvolvimento de habilidades e conhecimentos que ampliem as alternativas de inserção no mercado de trabalho vem sendo reconhecida. Com a implementação progressiva da municipalização da merenda escolar, a partir da década de 90, verifica-se a possibilidade de pequenos médios produtores, assim como a agroindústria local e regional se envolverem, de forma intensa, com esse programa. No caso específico do município de Piedade, estado de São Paulo, a experiência pode se revelar promissora à medida que a partir da reorganização do programa de merenda escolar (elaboração de cardápios nutricionalmente balanceados, tendo por base frutas e hortaliças produzidas/processadas em nível local) seja possível implementar um processo de capacitação de recursos humanos (iniciação profissional e capacitação de empreendedores de baixa renda ­individuais, familiares e associativos), disseminação de tecnologias básicas para o processamento de frutas e hortaliças, visando a agregação de valor aos produtos agrícolas. Concomitantemente, com o envolvimento da população adulta, será possível o estímulo à capacitação de pequenos empreendedores para o desenvolvimento de atividades econômicas autônomas, seja individualmente ou através de microempresas, associações ou cooperativas. Inicialmente será feito um diagnóstico da produção agrícola local assim como de sua comercialização. Pretende-se realizar levantamentos sobre os programas de alimentação oferecidos pela prefeitura. Essas informações subsidiarão cursos de capacitação de pessoal responsável pelos programas de assistência e educação alimentar além do pessoal envolvido com as atividades agrícolas. Subsidiarão também a elaboração do layout do módulo de processamento de hortaliças e frutas, para futura instalação de uma central de abastecimento municipal. (AU)