Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção de parâmetros para avaliação do modelo numérico de levantamento de emissões quentes do CPTEC/INPE

Processo: 11/12057-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 20 de setembro de 2011 - 09 de outubro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Saulo Ribeiro de Freitas
Beneficiário:Saulo Ribeiro de Freitas
Pesquisador visitante: Ronan Gabriel Michel Paugam
Inst. do pesquisador visitante: King's College London, Inglaterra
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/04490-4 - Combustão de biomassa de florestas tropicais, AP.TEM
Assunto(s):Modelos matemáticos  Queimada  Fogo 

Resumo

Esta proposta para auxílio à visitante do exterior está relacionada com o quinto tema do projeto "Combustão de biomassa da Floresta Amazônica" coordenado pelo Dr. João Andrade de Carvalho Junior (projeto FAPESP número 2008/04490-4) denominado "Obtenção de Parâmetros para Avaliação do Modelo Numérico de Levantamento de Emissões Quentes do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais". Consequentemente, a cooperação entre pesquisadores do INPE e do King's College London (KCL) tem como objetivo melhorar o mecanismo de levantamento de emissões quentes existente no modelo numérico de qualidade do ar, tempo e clima do CPTEC/INPE. A visita do pesquisador da KCL para participar do campo descrito no projeto temático (2008/04490-4), que ocorrerá no último trimestre de 2011, irá promover uma análise complementar do experimento de queima controlada da Floresta Amazônica em Cruzeiro do Sul (Acre) relacionadas à energia convectiva liberada, o tamanho de área e respectiva potência radiativa do fogo. A cooperação entre os pesquisadores e estudantes do INPE e Ronan Gabriel Michel Paugam (pesquisador associado do KCL) originará uma equipe multidisciplinar que trabalhará no processamento de dados provenientes do trabalho de campo e em estudos para melhorar o modelo de emissão implementando no CATT-BRAMS, denominado Brazilian Biomass Burning Emission Model (3BEM). Ainda, entre as atividades deve-se avaliar, compatibilizar e filtrar os dados de potência radiativa do fogo procedente dos sensores Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS/EOS), Spinning Enhanced Visible and Infrared Imager (SEVIRI/MSG) e do produto Wildfire Automated Biomass Burning Algorithm (WFABBA/GOES), relacionando estes produtos com os dados estimados em campo. Além disto, os pesquisadores do INPE e do KCL trabalharão na relação entre a energia convectiva liberada no processo de combustão, na área de fogo ativo e na assimilação destes produtos no modelo de levantamento de emissões quentes do CATT-BRAMS. (AU)