Busca avançada
Ano de início
Entree

Mercados de trabalho, pobreza e desigualdade da renda domiciliar per capita no Brasil e México: 2000 e 2010

Processo: 12/08511-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 06 de agosto de 2012 - 05 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Maria Cristina Cacciamali
Beneficiário:Maria Cristina Cacciamali
Pesquisador visitante: Genaro Aguilar Gutiérrez
Inst. do pesquisador visitante: Instituto Politécnico Nacional (IPN), México
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Economia  Desigualdade de renda  Mercado de trabalho  Pobreza  Brasil  México 

Resumo

A possibilidade de se desenhar um projeto alternativo de desenvolvimento econômico e social para a região da América do Sul depende da precisão no diagnostico sobre as falhas e limitações que o atual modelo tem, especialmente na área social. Esse subprojeto tem por objetivo analisar e comparar as condições laborais e socioeconômicas dos trabalhadores do Brasil e México por grandes regiões nos anos 2000 a 2010, bem como estudar se as modificações apresentadas em ambos os mercados laborais acompanharam ou não a evolução da pobreza e da desigualdade na distribuição da renda em ambos os países. Uma análise desse tipo permitirá observar o comportamento de um mercado chave na área social: o do trabalho. Assim, esse estudo subsidiará, na área de evolução econômica e desenvolvimento social, ao projeto temático, fazendo contraponto na evolução do Brasil e México nos anos 2000 a 2010. Busca-se destacar as particularidades da evolução dos mercados laborais em dois países com legislações laborais qualitativamente diferentes, e com resultados muito distintos nesses mercados de trabalho. Utilizando micro dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD-Brasil) e da "Encuesta Nacional de Ingresos y Gastos de los Hogares" (ENIGH-México), o subprojeto investigará, para esses países e suas grandes regiões, as características e a evolução dos mercados laborais por categorias da classificação internacional uniforme de ocupações (CIUO) bem como as características e evolução da pobreza e da distribuição de renda domiciliar per capita em duas dimensões: o rendimento dos ocupados e o rendimento domiciliar. Também se quantificará a pobreza (número de pobres e intensidade da pobreza) e a desigualdade na distribuição da renda (com os índices de Theil, Atkinson, razão de Kuznets, Gini), estudando tanto o universo dos trabalhadores ocupados como as famílias que dependem de eles para os anos 2000 e 2010. Mais especificamente, esse subprojeto fará o estudo dos textos e da literatura internacional de fronteira em mercados laborais, desigualdade e pobreza. Esta atividade será desenvolvida através do estudo de textos publicados em revistas internacionais e serão discutidos, em seminários específicos, com a equipe técnica do Projeto Temático. A seguir, se fará a construção das Matrizes de dados. Para se fazer o estudo e contraponto dos mercados laborais, da desigualdade e da pobreza no Brasil e México construir-se-ão as matrizes de dados a partir dos Micro dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Brasil) e da "Encuesta Nacional de Ingresos y Gastos de los Hogares" (México). O desenho dessas matrizes será feito, também, a partir da Classificação Internacional Uniforme de Ocupações (CIUO) por grandes grupos ocupacionais de Brasil e México para as grandes regiões de ambos os países. Com essas matrizes se desenvolverá a quantificação das características socioeconômicas e evolução por grupos ocupacionais dos trabalhadores no Brasil e México em 2000 e 2010 bem como das medidas de desigualdade e pobreza por grandes regiões em ambos os países nesse período. Igualmente, a avaliação comparativa da eficiência da política salarial e de alguns programas sociais no Brasil e México (Oportunidades e Bolsa Família) será feita com as bases de dados disponíveis, far-se-á uma análise da progressividade do gasto social comparativamente, no Brasil e México em 2000 e 2010. Como resultado do subprojeto de pesquisa se preparará dois artigos de pesquisa: a) Mercados laborais e políticas de desenvolvimento social no Brasil e México y b) Mercados laborais, desigualdade e pobreza no Brasil e México. Também se orientara, junto com os professores da equipe técnica do projeto temático, no mínimo duas dissertações de doutorado. (AU)