Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise da expressao das metaloproteinases e seus inibidores teciduais no musculo detrusor de pacientes com hiperplasia prostatica benigna.

Processo: 11/52093-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2012 - 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Alberto Azoubel Antunes
Beneficiário:Alberto Azoubel Antunes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Marcador molecular 

Resumo

A Hiperplasia prostática benigna (HPB) representa a principal causa de sintomas miccionais no homem adulto. Esses sintomas possuem três componentes fisiopatológicos: Componente mecânico, no qual o aumento volumétrico da próstata provoca diminuição do calibre e aumento da resistência uretral; componente dinâmico, representado pela atividade alfa-adrenérgica aumentada nessa região em virtude da presença na cápsula, no estroma prostático e no colo vesical de altos níveis desses receptores; Componente vesical, decorrente das alterações secundárias à obstrução produzidas pela HPB na musculatura detrusora. Tem emergido na comunidade urológica a preocupação de investigar a fisiodinâmica de descompensação do componente vesical e por que pacientes com níveis de obstrução semelhante evoluem de forma distinta. Objetivos. Determinar o perfil de expressão das metaloproteinases 1, 2 e 9, seus inibidores teciduais TIMP1, TIMP2 e RECK e do colágeno tipo I, III e IV no músculo detrusor de pacientes com HPB. (AU)