Busca avançada
Ano de início
Entree

Programa de pesquisa em políticas públicas visando à implantação de pequenas unidades transformadoras de resíduos para a produção de matérias-primas recicladas

Processo: 00/02008-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Vigência: 01 de janeiro de 2001 - 31 de março de 2005
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Helio Wiebeck
Beneficiário:Helio Wiebeck
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Instituição parceira: Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo
Bolsa(s) vinculada(s):01/00377-0 - Programa de pesquisa em políticas públicas visando a implantação de pequenas unidades transformadoras para a produção de matérias-primas recicladas, BP.TT
01/00380-0 - Programa de pesquisa em políticas públicas visando a implantação de pequenas unidades transformadoras para a produção de matérias-primas recicladas, BP.TT
01/00381-7 - Programa de pesquisa em políticas públicas visando a implantação de pequenas unidades transformadoras para a produção de matérias-primas recicladas, BP.TT
Assunto(s):Matérias primas metalúrgicas  Políticas públicas  Resíduos sólidos  Coleta de resíduos urbanos  Reciclagem  São Bernardo do Campo (SP) 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_111_98_99.pdf

Resumo

A prefeitura do município de São Bernardo do Campo vem implantando desde 1997 um programa de coleta seletiva que tem como principais características o envolvimento da população no processo de seleção de resíduos nas fontes geradoras e a criação de postos de trabalho para setores marginalizados da sociedade, como moradores de lixões e catadores de rua, na triagem e processamento dos materiais recicláveis coletados. Até o momento, materiais recicláveis recolhidos em três postos de coleta voluntária (PEV) são doados pela prefeitura a uma entidade assistencial do município que, em contrapartida, emprega alguns moradores de um lixão clandestino existente em São Bernardo do Campo. Existe um plano de expansão desse programa de coleta seletiva, com a instalação de mais de cem PEVs em todo o município. Ao mesmo tempo, existe um programa de sensibilização e mobilização de outros agentes, os chamados 'grandes geradores' de lixo (condomínios, escolas, centros comerciais), no sentido de realizar a segregação dos materiais recicláveis. Para receber todos esses materiais oriundos dos novos PEVs e 'grandes geradores' serão criados outros postos de triagem e processamento. Estes postos serão instalados em locais cedidos e adequados pela prefeitura. Sua operação será feita preferencialmente por associações de catadores, às quais será dado todo o apoio para a formação e para a capacitação de seus membros. Pretende-se disponibilizar às associações as informações técnicas necessárias para produção, ao invés simplesmente de material reciclável segregado, de matérias-primas recicladas de maior valor agregado que possam ser diretamente utilizadas por transformadores. Com a evolução do programa, caso haja possibilidade e interesse, poderá também ser disponibilizada a tecnologia para a transformação das matérias-primas recicladas em algum tipo de produto final. (AU)