Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas de liberação micro/nanoestruturados para herbicidas triazínicos visando aplicações agrícolas

Processo: 09/00294-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de junho de 2009 - 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Leonardo Fernandes Fraceto
Beneficiário:Leonardo Fernandes Fraceto
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/16989-9 - Desenvolvimento de nanopartículas como sistema carreador para os fungicidas carbendazim e tebuconazol visando aplicações em agricultura, BP.MS
12/20076-9 - Preparo e caracterização de nanopartículas lipídicas sólidas como sistema carreador conjunto para os herbicidas atrazina e simazina visando futuras aplicações em agricultura, BP.MS
11/01872-6 - Nanopartículas poliméricas como sistema de liberação de herbicidas: preparo, caracterização, interação com substâncias húmicas e avaliação da atividade biológica, BP.DR
+ mais bolsas vinculadas 11/00415-0 - Estudo da atividade herbicida e processos de sorção em solos de formulações de nanoesferas de PLGA contendo o herbicida atrazina, BP.IC
10/12653-0 - Avaliação do efeito herbicida de formulações de nanocápsulas de poli(epslon-caprolactona) contendo herbicida ametrina, BP.IC
10/01951-0 - Otimização das condições de preparo de nanopartículas de poli (lactídeo-co-glicolídeo) contendo herbicidas atrazina e ametrina, BP.IC
09/09594-5 - Sistemas de liberação micro/nanoestruturados para herbicidas triazínicos visando aplicações agrícolas, BP.PD
09/13958-2 - Avaliação da citotoxicidade de formulações de nanocápsulas contendo ametrina e trietazina através de ensaio de micronúcleo, BP.IC
09/14513-4 - Avaliação da genotoxicidade de formulações de micropartículas contendo herbicidas atrazina e simazina usando ensaio de Allium cepa, BP.IC
09/15026-0 - Preparo e caracterização de microesferas poliméricas de poli (hidroxibutirato-co-valeronato) contendo os herbicidas atrazina e simazina, BP.IC
09/13970-2 - Desenvolvimento de nanocápsulas poliméricas de poli(e-caprolactona) contendo herbicidas ametrina e trietazina, BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Nanopartículas  Herbicidas 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_71_92_92.pdf

Resumo

Os defensivos agrícolas representam, mundialmente, alguns dos materiais mais encontrados em corpos hídricos superficiais e subterrâneos, devido ao seu amplo uso em áreas agrícolas e urbanas. Trata-se de uma variedade de moléculas com distintas propriedades que lhes atribuem diferentes graus de persistência ambiental, mobilidade e potencial tóxico. Embora possuam uma importante função na produtividade agrícola por meio de minimização da atuação de pragas, seu uso indiscriminado pode levar a problemas relacionados à saúde ambiental, pois alguns agroquímicos apresentam atividade carcinogênica, mutagênica e teratogênica e/ou efeitos no sistema endócrino de organismos não alvos, incluindo o ser humano. Dessa forma, é importante o aprimoramento/desenvolvimento de sistemas de liberação controlada para essas substâncias no ambiente, visando ao aumento de sua eficiência, minimização de impactos ambientais e garantia do desenvolvimento sustentável. Dentre as novas tecnologias em estudo para o desenvolvimento de sistemas de liberação, as micro e nanopartículas poliméricas aparecem como potenciais alternativas para o agronegócio. Os sistemas micro/nanoestruturados poliméricos agem como compartimentos transportadores de substâncias bioativas e têm a capacidade de alterar as propriedades físico-químicas das substâncias incorporadas. Para herbicidas, esses sistemas podem levar às seguintes vantagens: a) redução na quantidade de substância química necessária para o controle de pragas; b) diminuição no risco de contaminação ambiental; c) redução na quantidade de energia gasta, em função da redução do número de aplicações necessárias comparadaos às formulações convencionais; d) aumento na segurança das pessoas responsáveis pela aplicação do produto no campo. Assim, neste projeto pretende-se desenvolver micro e nanopartículas, obtidas a partir de polímeros biodegradáveis, como sistema de liberação de herbicidas triazínicos utilizados em culturas de arroz, milho, soja e cana-de-açúcar. A escolha dos polímeros biodegradáveis se deve à sua baixa toxicidade, boa biocompatibilidade e cinética de biodegradação, que leva à adequada liberação do herbicida a ser incorporado. Os herbicidas da classe dos triazínicos escolhidos para ser incorporados nas micro/nanopartículas foram: ametrina, atrazina, simazina e trietazina, devido à sua grande utilização mundial no controle de pragas. A potencialidade deste projeto no desenvolvimento de novas formulações para herbicidas reside na dimensão do mercado de herbicidas no Brasil e no mundo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, ANDERSON E. S.; GRILLO, RENATO; MELLO, NATHALIE F. S.; ROSA, ANDRE H.; FRACETO, LEONARDO F. Application of poly(epsilon-caprolactone) nanoparticles containing atrazine herbicide as an alternative technique to control weeds and reduce damage to the environment. JOURNAL OF HAZARDOUS MATERIALS, v. 268, p. 207-215, MAR 15 2014. Citações Web of Science: 44.
FRACETO, LEONARDO FERNANDES; GRILLO, RENATO; SOBARZO-SANCHEZ, EDUARDO. Cyclodextrin Inclusion Complexes Loaded in Particles as Drug Carrier Systems. CURRENT TOPICS IN MEDICINAL CHEMISTRY, v. 14, n. 4, p. 518-525, FEB 2014. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

PROCESSO DE PRODUÇÃO DE SISTEMA DE LIBERAÇÃO SUSTENTADA DE HERBICIDAS BIOATIVOS; NANOPARTÍCULAS POLIMÉRICAS E USO DO SISTEMA DE LIBERAÇÃO SUSTENTADA DE HERBICIDAS BIOATIVOS BR1020130229121 - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) ; Universidade Estadual Paulista (UNESP) . Leonardo Fernandes Fraceto; André Henrique Rosa; Renato Grillo; Nathalie Ferreira da Silva Melo; Anderson do Espírito Santo Pereira - 06 de setembro de 2013