Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de filtros metálicos sinterizados tipo cartucho

Processo: 04/08875-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de janeiro de 2005 - 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia de Transformação
Pesquisador responsável:Francisco Ambrozio Filho
Beneficiário:Francisco Ambrozio Filho
Empresa:Brats Indústria e Comércio de Produtos Metálicos Especiais Ltda. - ME
Município: Cajamar
Bolsa(s) vinculada(s):08/04098-7 - Desenvolvimento de filtros metalicos sinterizados tipo cartucho., BP.TT
Assunto(s):Aço inoxidável 

Resumo

Nas indústrias química e alimentícia, o filtro metálico, normalmente produzido por metalurgia do pó, é submetido a condições em que são exigidas alta resistência mecânica e, muito frequentemente, elevada resistência à corrosão em altas temperaturas. Um material normalmente utilizado é o aço inoxidável, embora ligas de níquel possam ser alternativas. Tanto a indústria química como a alimentícia importam quantidades expressivas de filtros na forma tubular, altos (até 1,10 m), com parede fina (cerca de 2 mm), conhecidos como filtros-cartucho, preferencialmente utilizados porque apresentam extensa área de filtração e, portanto, permitem maiores vazões de fluido filtrado. Sabe-se que, para um tipo de aplicação específica (herbicidas), são usados cartuchos de níquel (Ni200) e, nesse caso, têm sido observados problemas de integridade estrutural. Este projeto pretende avaliar a produção filtros-cartucho em aço inoxidável a partir da soldagem e calandragem de placas planas. As placas serão fabricadas por duas rotas: compactação uniaxial e vibração. O foco aqui é o processo de fabricação e o que for desenvolvido para aço inoxidável servirá também para níquel e outras ligas. Nessa primeira fase do projeto, o objetivo é chegar a um protótipo que possa ser testado em equipamento de cliente já contatado. Esse protótipo será provavelmente produzido por vibração, já que há limites dimensionais no processo de compactação uniaxial. (AU)