Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos genéticos em transtorno afetivo bipolar

Processo: 03/10806-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Primeiros Projetos
Vigência: 01 de julho de 2004 - 31 de março de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Convênio/Acordo: CNPq - Programa Primeiros Projetos
Pesquisador responsável:Maria Do Carmo Martins de Oliveira
Beneficiário:Maria Do Carmo Martins de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado à bolsa:02/06831-7 - Estudos genéticos em transtornos do humor bipolar, BP.PD
Assunto(s):Genética  Transtorno bipolar 

Resumo

A recorrência familiar do transtorno afetivo bipolar (TAB), percebida na experiência clínica há décadas e, sobretudo, através das evidências proporcionadas por estudos de epidemiologia genética (estudos de gêmeos e adoção) sugerem que fatores genéticos estejam de alguma forma implicados em sua determinação. Nas últimas duas décadas uma nova metodologia de análise genética tem sido desenvolvida para mapear genes que predispõem a doenças complexas. Este projeto tem como objetivo contribuir para a identificação de genes relacionados ao TAB. Casos isolados e famílias contendo dois ou mais indivíduos afetados pela doença serão identificados e amostras de sangue serão colhidas. O DNA genômico extraído do sangue periférico de cada indivíduo colhido será genotipado para um painel de marcadores genéticos. Inicialmente, analisaremos a presença de ligação e/ou associação entre 5 regiões genômicas candidatas e o fenótipo no nosso grupo de pacientes. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.