Busca avançada
Ano de início
Entree

Ionômeros de poli (estireno-co-metacrilato de metila-co-p-estireno sulfonato): preparação, caracterização físico-química, elétrica e aplicações em dispositivos eletroluminescentes

Processo: 03/11192-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Primeiros Projetos
Vigência: 01 de julho de 2004 - 30 de novembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Convênio/Acordo: CNPq - Programa Primeiros Projetos
Pesquisador responsável:Antonio José Felix de Carvalho
Beneficiário:Antonio José Felix de Carvalho
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado à bolsa:02/07368-9 - Ionômeros de poli(estireno-co-metacrilato de metila-co-p-estireno sulfonato): preparação, caracterização físico-química, elétrica e aplicações em dispositivos eletroluminescentes, BP.PD
Assunto(s):Polímeros (materiais)  Eletroluminescência  Filmes finos 

Resumo

O principal desafio no atual desenvolvimento de dispositivos poliméricos eletroluminescentes é aumentar a eficiência e o tempo de vida desses dispositivos. Resultados recentes próprios e da literatura mostram que filmes finos de materiais contendo grupos iônicos, quando posicionados nas interfaces entre o eletrodo metálico e os polímeros eletroluminescentes, podem melhor muito a eficiência desses dispositivos. O presente projeto tem como objetivo preparar e investigar a utilização de ionômeros em dispositivos poliméricos eletroluminescentes com a função de otimizar a injeção de cargas no volume do polímero eletroluminescente através da interface eletrodo/polímero. Os ionômeros serão preparados através da sulfonação de copolímeros de poli (estireno-co-metacrilato de metila) de modo a se obter polímeros com diversos teores de grupos iônicos (p-estireno sulfonato) e dos grupos (metacrilato de metila). Os ionômeros preparados serão caracterizados quanto a sua estrutura química e quanto às suas características elétricas em filmes finos e o efeito de injeção de carga em dispositivos. (AU)