Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo de terapia gênica associada a terapia celular no estudo da progressão e extensão do infarto do miocárdio

Processo: 03/11039-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Primeiros Projetos
Vigência: 01 de julho de 2004 - 31 de agosto de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Convênio/Acordo: CNPq - Programa Primeiros Projetos
Pesquisador responsável:Claudia Becker
Beneficiário:Claudia Becker
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado à bolsa:03/02671-8 - Modelo de terapia gênica associada à terapia celular no estudo da progressão e extensão do infarto do miocárdio, BP.PD
Assunto(s):Infarto do miocárdio  Terapia genética  Terapia baseada em transplante de células e tecidos  Mioblastos  Células-tronco 

Resumo

O implante de diferentes tipos celulares, como mioblastos e mais recentemente células tronco da medula óssea representa uma alternativa de repovoamento da área perdida durante o infarto do miocárdio. Embora existam na literatura e na tese de doutorado recém-concluída evidências de resultados benéficos relacionados à terapia celular isolada ou combinada à transfecção gênica ex vivo, a necessidade de saber questões como: se estas células isoladas de musculatura de animais adultos e implantadas no tecido cardíaco formarão miofibrilas híbridas com tecido receptor, se a melhora de função cardíaca atribuída a expressão de fatores de crescimento, utilizados de forma única ou em associação (VEGF + IFG-1) será mantida no decorrer do tempo através de estudos de mortalidade, se células satélites implantadas conjuntamente com outras modificadas geneticamente se diferenciarão de forma contexto-específica, provavelmente em resposta aos fatores de crescimento e ao "micro ambiente" do tecido cardíaco, estas questões surgem à medida que esta tecnologia se desenvolve e são os desafios. (AU)