Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa sobre a viabilidade da adição de nanocargas em vernizes, resinas e esmaltes eletro-isolantes

Processo: 08/51829-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de agosto de 2009 - 31 de janeiro de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Jose Ulisses Jansen
Beneficiário:Jose Ulisses Jansen
Empresa:CHEM4U Consultoria e Assessoria Empresarial Ltda
Município: São Paulo
Assunto(s):Vernizes e lacas  Nanopartículas  Dielétricos 

Resumo

Este projeto de pesquisa está sendo proposto pela empresa CHEM4U que é residente no Centro Incubador de Empresas Tecnológicas - CIETEC - IPEN/IPT/USP. As instituições parceiras do projeto são o CIETEC, o Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - EPUSP e o Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP. Nessa primeira fase, a ser abordada no PIPE1, será feita uma pesquisa sobre a viabilidade de se adicionar nanocargas a serem obtidas no Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Escola Politécnica da USP, em formulações comerciais de vernizes, resinas e de esmaltes eletroisolantes. O estudo consistirá em incorporar as nanocargas previamente sintetizadas em um (01) verniz eletroisolante, em uma (01) resina de poliéster insaturado e um (01) esmalte eletroisolante. Os produtos obtidos serão curados de acordo com suas respectivas especificações e serão caracterizados com técnicas disponíveis nos laboratórios da EPUSP (difração RX, TEM, etc.). As características térmicas (análise termogravimétrica) serão feitas no IPT e as características elétricas serão obtidas na CHEM4U e no Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP. O projeto de pesquisa integra conhecimentos das áreas de Química orgânica (tecnologias de obtenção e de aplicação de vernizes, resinas e de esmaltes eletroisolantes), da Ciência dos materiais (síntese de nanocargas) e da Ciência elétrica (caracterização das propriedades dielétricas). Objetiva-se obter vernizes, resinas e esmaltes eletroisolantes com propriedades mecânicas (p. ex, resistência à abrasão), elétricas (p. ex, rigidez dielétrica) e térmicas (p. ex, resistência à degradação térmica) superiores aos produtos atuais. O projeto conta com apoio financeiro obtido junto ao CNPq através do RHAE Pesquisador na Empresa, com a concessão de 4 bolsas (5B, DTI nível 3, e duas bolsas ITI-A ) de 07/04/2008 até 07/04/2010. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Empresa gerada na universidade