Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do arranjo microestrutural na resistência a corrosão de ligas Al-Si

Processo: 06/60118-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Primeiros Projetos
Vigência: 01 de maio de 2007 - 30 de abril de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Convênio/Acordo: CNPq - Programa Primeiros Projetos
Pesquisador responsável:Wislei Riuper Ramos Osorio
Beneficiário:Wislei Riuper Ramos Osorio
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Solidificação  Ligas metálicas  Resistência dos materiais  Corrosão  Tratamento térmico 

Resumo

O fundamental objetivo desse projeto consiste no desenvolvimento experimental de solidificação de duas composições hipoeutéticas, 5 e 9% de Si, e uma hipereutética (15%Si) para avaliar a resistência à corrosão, correlacionada com a microestrutura, no que diz respeito ao arranjo dendrítico e modificação das partículas de Silício por ação química (adição de Sódio) e também por tratamento térmico (tempera) das ligas. Sabe-se em literatura que a modificação do eutético de ligas Al-Si por adição de Estrôncio e/ou Sódio melhoram significativamente as propriedades mecânicas. Porém não foram encontrados relatos sofre a influência dessa modificação química do eutético e/ou tratamento térmico das ligas com modificação microestrutural no comportamento dessas ligas quanto ao fenômeno corrosivo. Como atividades complementares a esse projeto, o proponente deverá colaborar e apoiar com a instalação e modernização de um novo equipamento de aquisição de dados de temperatura na fundição de ligas e a reformulação da infra-estrutura da instituição. (AU)