Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação do núcleo basolateral da amígdala na mediação de respostas condicionadas e incondicionadas de medo geradas pela estimulação química da substância cinzenta periaquedutal dorsal

Processo: 06/60270-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Primeiros Projetos
Vigência: 01 de maio de 2007 - 30 de abril de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Convênio/Acordo: CNPq - Programa Primeiros Projetos
Pesquisador responsável:Janaina Menezes Zanoveli
Beneficiário:Janaina Menezes Zanoveli
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Serotonina  Medo  Respostas condicionadas  Substância cinzenta periaquedutal 

Resumo

A substância cinzenta periaquedutal dorsal (SCPD) e o núcleo basolateral da amígdala (BLA) regulam a expressão de respostas condicionadas e incondicionadas de medo. Além disso, a estimulação elétrica ou química da SCPD tem sido utilizada como estímulo incondicionado em testes de condicionamento aversivo produzindo a resposta de congelamento condicionado. Estudos mostram que a serotonina (5-HT) participa da mediação dessas respostas defensivas incondicionadas e condicionadas induzidas pela ativação da SCPD, mas ainda não está claro como o BLA pode participar da modulação de respostas defensivas produzidas pela estimulação da SCPD. Assim, o objetivo do presente estudo é examinar a participação do BLA na mediação de respostas aversivas condicionadas e incondicionadas utilizando a estimulação química da SCPD com o inibidor da síntese do ácido gama-arninobutírico, a semicarbazida, como estímulo incondicionado. Para tal, investigaremos os efeitos da inativação do BLA, induzida pela administração do agonista de receptor GABAA muscimol, sobre as respostas incondicionadas (teste do campo aberto) e condicionadas (teste de aversão condicionada ao lugar) de medo. Além disso, utilizaremos a técnica de microdiálise para medir a concentração extracelular de 5-HT no BLA durante as respostas condicionadas e incondicionadas de medo. Por fim, utilizaremos a técnica imunoistoquímica de detecção da proteína Fos (c-fos) para investigar a circuitaria neural que participa da mediação do medo condicionado após a estimulação da SCPD como estímulo incondicionado. (AU)