Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuição do setor saúde no atendimento das vítimas e na prevenção da violência

Processo: 01/02768-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Vigência: 01 de setembro de 2002 - 31 de janeiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Maria Helena Prado de Mello Jorge
Beneficiário:Maria Helena Prado de Mello Jorge
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Instituição parceira: Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Coordenadoria dos Institutos de Pesquisa (CIP). Instituto de Saúde (IS)
Assunto(s):Políticas públicas de saúde  Violência contra o menor  Violência doméstica  Delitos sexuais  Sistema Único de Saúde 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_161_130_130.pdf

Resumo

Objetiva-se elaborar uma política estadual de prevenção, redução e atendimento das diversas formas de violência, destacando o papel do Sistema Único de Saúde - (SUS) nas estratégias de intervenção programática, e no estabelecimento da vigilância epidemiológica dos fatores de risco. As violências causadas sob diversas formas (física, psicológica ou institucional), atingem diferentes segmentos da população que, em casos extremos, quando não resultam diretamente em óbitos, recorrem aos serviços de saúde. A violência sexual e maus-tratos de crianças e adolescentes, a violência sexual e doméstica contra mulheres, maus-tratos de idosos, são algumas das emergências atendidas continuamente nos serviços de saúde pública. As possíveis causas de diferentes formas de agressão fazem parte das discussões de cunho científico, político e do senso comum, diante das estatísticas de homicídios, sequelas e incapacidades resultantes, que delineiam em seu conjunto, uma 'epidemia da violência'. A Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo - FSP/USP insere-se nesta discussão através de pesquisas e debates acadêmicos. A Secretaria de Estado da Saúde atua através de seus serviços, ações e programas de prevenção contra a violência. Espera-¬se, da interação entre essas duas instituições, o conhecimento, avaliação e disseminação dessas ações que possa vir a promover uma articulação dos serviços, em toda a rede. O objetivo principal é o de estabelecer uma política pública, na área da saúde, somando-se, assim, às demais ações dos diferentes setores da sociedade para a reversão do quadro atual. (AU)