Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização fenotípica de ritmos circadianos em indivíduos com diferentes genótipos para polimorfismos nos genes relógio em diferentes regiões do Brasil: ênfase na investigação do gene PER3 e o efeito latitude

Processo: 11/05804-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2012 - 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Mario Pedrazzoli Neto
Beneficiário:Mario Pedrazzoli Neto
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Guilherme Silva Umemura ; Luiz Silveira Menna Barreto ; Mário André Leocadio Miguel
Assunto(s):Cronobiologia  Ritmos biológicos  Ritmo circadiano  Sono 

Resumo

Diferenças individuais na duração e no horário de início e término do sono, e a preferência por horários para o desempenho de atividades diárias, estão associados ao chamado cronotipo, que é uma propriedade do sistema de temporização circadiano. Indivíduos que preferem dormir mais cedo e acordar mais cedo são do cronotipo matutino, aqueles que preferem dormir e acordar tarde são chamados vespertinos. Os estudos com os cronotipos trazem a tona o problema da adaptação dos indivíduos a organização temporal da sociedade e, por conseguinte, suas implicações na saúde e produtividade humana, sugerindo que a organização temporal do trabalho e do estudo em instituições de ensino nas sociedades modernas deveriam estar de acordo com estes processos fisiológicos naturais que são em parte resultantes da interação com o claro/escuro ambiental e em parte resultantes de herança genética. Ao longo do eixo longitudinal perpendicular ao latitudinal do planeta Terra se observam diferenças de luminosidade durante o dia ao longo do ano, fruto da inclinação da terra em relação ao plano do sol. Estas diferenças podem ser consideradas pistas temporais que são importantes para a sincronização do sistema de temporização circadiano com o meio ambiente. O gene PER3 faz do grupo de genes conhecidos como genes relógio que constituem o sistema molecular de temporização circadiana e, portanto está envolvido na regulação de processos fisiológicos, como adaptação ao ciclo claro/escuro ambiental, o ciclo sono/vigília e o ciclo de temperatura corporal. Os genes HIOMT e AANAT fazem parte da via enzimática de síntese de melatonina, cuja produção está associada ao ciclo claro/escuro ambiental. Estudos recentes mostram associações de variações nos genes relógio e nos genes da via de síntese da melatonina com a regulação do sono e também do VNTR do gene PER3 com os chamados cronotipos e com distúrbios de ritmos circadianos. No presente projeto investigaremos possíveis associações entre variações gênicas neste genes descritos e fenótipos circadianos (cronotipos) e mais especificamente entre o VNTR e o processo de adaptação temporal circadiana em situações de claro/escuro ambiental diversas derivadas da localização das cidades onde em relação à linha do equador; Maceió, São Paulo e Porto Alegre. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Latitude influencia a regulação do sono 

Publicações científicas (8)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GEOVANINI, GLAUCYLARA REIS; LORENZI-FILHO, GERALDO; DE PAULA, LILIAN K.; OLIVEIRA, CAMILA MACIEL; ALVIM, RAFAEL DE OLIVEIRA; BEIJAMINI, FELIPE; NEGRAO, ANDRE BROOKING; VON SCHANTZ, MALCOLM; KNUTSON, KRISTEN L.; KRIEGER, JOSE EDUARDO; PEREIRA, ALEXANDRE COSTA. Poor sleep quality and lipid profile in a rural cohort (The Baependi Heart Study). Sleep Medicine, v. 57, p. 30-35, MAY 2019. Citações Web of Science: 0.
LEOCADIO-MIGUEL, MARIO ANDRE; CARNEIRO, BRENO TERCIO; XIMENES-DA-SILVA, ADRIANA; CAUMO, WOLNEI; GRASSI-KASSISSE, DORA; PEDRAZZOLI, MARIO. PER3 gene regulation of sleep-wake behavior as a function of latitude. SLEEP HEALTH, v. 4, n. 6, SI, p. 572-578, DEC 2018. Citações Web of Science: 1.
LEOCADIO-MIGUEL, MARIO ANDRE; LOUZADA, FERNANDO MAZZILI; DUARTE, LEANDRO LOURENCAO; AREAS, ROBERTA PEIXOTO; ALAM, MARILENE; FREIRE, MARCELO VENTURA; FONTENELE-ARAUJO, JOHN; MENNA-BARRETO, LUIZ; PEDRAZZOLI, MARIO. Latitudinal cline of chronotype. SCIENTIFIC REPORTS, v. 7, JUL 14 2017. Citações Web of Science: 13.
NASCIMENTO DE ALENCAR, JOAO CARLOS; LEOCADIO-MIGUEL, MARIO ANDRE; DUARTE, LEANDRO LOURENCAO; LOUZADA, FERNANDO; ARAUJO, JOHN FONTENELE; PEDRAZZOLI, MARIO. Self-reported discomfort associated with Daylight Saving Time in Brazilian tropical and subtropical zones. ANNALS OF HUMAN BIOLOGY, v. 44, n. 7, p. 628-635, 2017. Citações Web of Science: 3.
SABINOA, FLAVIA CAL; DE OLIVEIRA, JOSE AMERICO; PEDRAZZOLI, MARIO. Per3 expression in different tissues of Cebus apella. SLEEP SCIENCE, v. 9, n. 4, SI, p. 262-265, OCT-DEC 2016. Citações Web of Science: 0.
A.A. BARBOSA; M.A.L. MIGUEL; S. TUFIK; F.C. SABINO; M.S. CENDOROGLO; M. PEDRAZZOLI. Sleep disorder or simple sleep ontogeny? Tendency for morningness is associated with worse sleep quality in the elderly. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 49, n. 10 2016. Citações Web of Science: 1.
EGAN, KIEREN J.; VON SCHANTZ, MALCOLM; NEGRAO, ANDRE B.; SANTOS, HADASSA C.; HORIMOTO, ANDREA R. V. R.; DUARTE, NUBIA E.; GONCALVES, GUILHERME C.; SOLER, JULIA M. P.; DE ANDRADE, MARIZA; LORENZI-FILHO, GERALDO; VALLADA, HOMERO; TAPOROSKI, TAMARA P.; PEDRAZZOLI, MARIO; AZAMBUJA, ANA P.; DE OLIVEIRA, CAMILA M.; ALVIM, RAFAEL O.; KRIEGER, JOSE E.; PEREIRA, ALEXANDRE C. Cohort profile: the Baependi Heart Study - a family-based, highly admixed cohort study in a rural Brazilian town. BMJ OPEN, v. 6, n. 10 2016. Citações Web of Science: 6.
VON SCHANTZ, MALCOLM; TAPOROSKI, TAMARA P.; HORIMOTO, ANDREA R. V. R.; DUARTE, NUBIA E.; VALLADA, HOMERO; KRIEGER, JOSE E.; PEDRAZZOLI, MARIO; NEGRAO, ANDRE B.; PEREIRA, ALEXANDRE C. Distribution and heritability of diurnal preference (chronotype) in a rural Brazilian family-based cohort, the Baependi study. SCIENTIFIC REPORTS, v. 5, MAR 18 2015. Citações Web of Science: 31.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.