Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução dirigida de endoxilanases e a aplicação da metagenômica na biotecnologia industrial

Resumo

As xilanases são hidrolases que podem ser usadas na etapa de polpação da celulose durante a fabricação de papel. Este processo utiliza altas temperatura e condições alcalinas, necessitando a utilização de uma enzima termoestável com pH alcalofílico de atividade. A partir de técnicas de evolução dirigida foi desenvolvida e caracterizada em nosso laboratório uma xilanase termoestável (T > 75°C) e termofílica (atividade residual após 5 min. a 90°C). O projeto atual propõe a continuação deste trabalho e será dividido em duas frentes; 1 - uma estudar os mecanismos que geram a termoestabilidade neste grupo de enzimas a partir das análises bioquímicas e biofísica de fluorescência e 2- associando-se as técnicas de evolução dirigida de endoxilanases ao embaralhamento de DNA metagenômico ambiental, será criada uma enzima que unirá as características termoestáveis e alcalofílica. Os resultados contribuirão ainda mais no estudo dos fatores moleculares da termoestabilidade nas xilanases e poderá futuramente possibilitar uma aplicação desta enzima nas indústrias de papel e celulose. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)