Busca avançada
Ano de início
Entree

Efetividade da órtese de joelho em idosos com osteoartrite de joelhos

Processo: 12/10013-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2012 - 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Anamaria Jones Martinez
Beneficiário:Anamaria Jones Martinez
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Christine Brumini ; Jamil Natour
Bolsa(s) vinculada(s):12/17078-0 - Efetividade da órtese de joelho em idosos com osteoartrite de joelhos, BP.TT
Assunto(s):Dor  Osteoartrite  Joelho  Qualidade de vida  Aparelhos ortopédicos 

Resumo

O uso de órtese em joelhos instáveis de pacientes com OA de joelho ainda é controverso, apenas estudos com metologia inadequada demonstraram algum benefício para o uso de órtese para joelhos instáveis, não havendo também estudos que compare os diferentes tipos de órteses. Será realizado um estudo controlado, randomizado com avaliador cego no qual será avaliada a efetividade da órtese de joelho em pacientes com diagnóstio OA de joelho. Participarão do estudo 120 pacientes de ambos os gêneros, com idade maior que 60 anos e diagnóstico estabelecido de OA de joelho. Os participantes serão divididos em 3 grupos de tratamento: Grupo 1 - Tratamento medicamentoso - antiinflamatórios não hormonais (AINH) e analgésicos; Grupo 2 - uso de órtese de neoprene sem hastes e tratamento medicamentoso e Grupo 3 - uso de órtese de neoprene com hastes e medicações. Os pacientes serão recrutados nos ambulatórios da UNIFESP e no Centro de Referência do Idoso da Zona Norte (CRI Norte). Serão submetidos a aplicação dos questionários SF-36 para qualidade de vida e WOMAC e Lequesne de joelho para função do joelho, EVA para dor, escala Likert para satisfação ao tratamento e 3 testes funcionais (Time to up and go test, teste da caminhada de 6 minutos e teste de sentar e levantar). A variável principal será a EVA para dor, medida nos 3 grupos em 4 momentos, estes dados serão comparadas utilizando o teste ANOVA para medidas repetidas. (AU)