Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese de pseudoboemitas modificadas visando à obtenção de nanosistemas para liberação controlada de fármacos

Processo: 10/19157-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2012 - 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Antonio Hortencio Munhoz Junior
Beneficiário:Antonio Hortencio Munhoz Junior
Instituição-sede: Escola de Engenharia (EE). Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Instituto Presbiteriano Mackenzie. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Processo sol-gel  Materiais cerâmicos  Pseudoboemitas  Leishmaniose  Fármacos 

Resumo

O processo sol-gel é uma metodologia de preparação de cerâmicas porosas, vítreas e cristalinas partindo-se de precursores moleculares, no qual uma rede de óxidos pode ser obtida por meio de reações de polimerização inorgânica. Estas reações ocorrem em solução, e o termo sol-gel é utilizado para descrever a síntese de óxidos inorgânicos obtida por métodos de via úmida. Utilizando o processo sol-gel é possível obter pseudoboemita de pureza elevada a qual será testada na liberação controlada de fármacos. A utilização de materiais nanoestruturados de alto desempenho para a produção de medicamentos inteligentes é uma realidade e nesse contexto, as nanopartículas apresentam papel muito importante na produção de sistemas de liberação controlada de fármacos para o tratamento do ser humano. Nanoestruturas, constituídas por materiais (cerâmicos com elevada área específica e polímeros) com diferentes propriedades, incorporadas a moléculas bioativas, representam avanço significativo nas ciências farmacêuticas e certamente serão aspectos relevantes para a produção de medicamentos mais eficazes e menos tóxicos. Este projeto de pesquisa trata da utilização de uma matriz de pseudoboemita tratada com octadecilamina para a liberação de glucantime®. O Objetivo da utilização de pseudoboemita é reduzir a quantidade de droga administrada durante o tratamento e possibilitar a administração do fármaco na forma de comprimidos. A octadecilamina será testada como um agente compatibilizante para melhorar a interação da pseudoboemita com o fármaco. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MUNHOZ JUNIOR, A. H.; MARTINS, J. S.; RIBEIRO, R. R.; MIRANDA, L. F.; ANDRADES, R. C.; BERTACHINI, K. C.; SILVA, L. G. A. Use of pseudoboehmite nanoparticles for drug delivery system of glucantime (R). Journal of Nano Research, v. 38, p. 47+, 2016. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.