Busca avançada
Ano de início
Entree

Célula piloto flexível de baixo custo e dedicada a produção de produtos de madeira - um planejamento estratégico de automação

Processo: 06/52136-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de dezembro de 2006 - 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Produção - Gerência de Produção
Pesquisador responsável:Renato Morandin
Beneficiário:Renato Morandin
Empresa:Madeplas Artefatos de Madeira Ltda
Município: Catanduva
Assunto(s):Automação industrial  Tecnologia da madeira  Produtos derivados da madeira 

Resumo

A Madeplas Artefatos de Madeira Ltda. tem atuado no mercado de produtos de madeira desde 1986 e atualmente se encontra diante de oportunidades significativas de expansão e também de necessidades de melhorias nos processos de fabricação para manutenção de competitividade. Há uma situação que privilegia o uso da madeira no Brasil em relação à média dos outros países, por conta das condições climáticas, pela qualidade da terra e pela área de plantio que proporcionam tempo de crescimento de árvores em menor tempo tornando-a uma matéria-prima de baixo custo. Para garantia de competitividade, além desse privilégio da questão ligada à matéria prima, a Madeplas identifica necessidade de busca por processos de fabricação que sejam inovadores e que levem em consideração os impactos em relação à empresa como um todo e em relação a questões ecológicas e também sociais. Essa introdução de inovação tecnológica de processos deve ser matéria de trabalho de um planejamento estratégico de automação feito por especialistas. A proposta deste trabalho caracteriza a primeira etapa de um planejamento estratégico de automação. Ele consiste de análises de impactos na fabricação e o projeto e construção de uma máquina dá usinagem automática, flexível e de baixo custo para produção de placas de madeira para tomadas e interruptores. Em uma segunda etapa, fora do escopo desta proposta, serão analisados os resultados da primeira fase, além de abordar a construção de uma célula piloto de produção, flexível, automática e integrada a outros níveis de operação. Nesta fase também será estabelecido um plano estratégico de automação para todo o setor de produção de placas de madeira da empresa. (AU)