Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da lesão glaucomatosa no sistema nervoso central por meio de ressonância funcional e correlação com achados psicofísicos e anatômicos retinianos

Processo: 07/07339-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2008 - 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:Augusto Paranhos Junior
Beneficiário:Augusto Paranhos Junior
Instituição-sede: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE). Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Tomografia de coerência óptica  Neuroimagem funcional  Glaucoma  Retina  Células ganglionares da retina 

Resumo

Introdução: As alterações no sistema nervoso central decorrentes do glaucoma, como a extensão do dano ao CGL e ao córtex visual, já foram bem demonstradas em modelos experimentais com primatas. E foi evidenciado que a extensão da lesão glaucomatosa ao SNC é proporcional ao dano do nervo óptico, pelo menos nas vias parvo (P) e magnocelular (M). Ainda sugerem que uma vez que ocorre dano ao SNC, este pode, por si só, contribuir para a progressão glaucomatosa. Também existem evidências que a degeneração transináptica ou transneuronal, que envolve disseminação da lesão neuronal para neurônios distantes através das sinapses, parece ocorrer no glaucoma. Apenas recentemente lesões degenerativas semelhantes do sistema nervoso central (SNC) foram detectadas em humanos. A ressonância magnética funcional (fMRI) é atualmente uma das técnicas mais utilizadas na neurociência básica e clínica. É capaz de localizar o sítio de funções cerebrais, permitindo a identificação de áreas eloqüentes, de caracterizar padrões de reorganização após lesões e de identificar diferenças na função cerebral entre indivíduos associadas à susceptibilidade a doenças.Métodos: Os pacientes com dano glaucomatoso típico com defeito em cunha na camada de fibras nervosas e pacientes com glaucoma avançado serão submetidos a exames psicofísicos (SAP, FDT e SWAP), pupilometria cromática, avaliação de neuroimagem do corpo geniculado lateral e da fissura calcarina e neuroimagem funcional da área V1 do córtex estriado. Será realizada a avaliação de correspondência do dano anatômico e funcional retiniano, a resposta pupilar, a avaliação anatômica central e funcional central dos pacientes em comparação com o grupo controle. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GERENTE, VANESSA M.; SCHOR, RUTH R.; CHAIM, KHALLIL T.; FELIX, MARCELO DE MARIA; VENTURA, DORA F.; TEIXEIRA, SERGIO H.; LOTTENBERG, CLAUDIO L.; AMARO, JR., EDSON; PARANHOS, JR., AUGUSTO. Evaluation of Glaucomatous Damage via Functional Magnetic Resonance Imaging, and Correlations Thereof with Anatomical and Psychophysical Ocular Findings. PLoS One, v. 10, n. 5 MAY 13 2015. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.