Busca avançada
Ano de início
Entree

Biologia de sistemas como estratégia experimental para a descoberta de novos produtos naturais na fauna de artrópodes peçonhentos do Estado de São Paulo

Processo: 11/51684-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático
Vigência: 01 de outubro de 2012 - 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Mario Sergio Palma
Beneficiário:Mario Sergio Palma
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/05376-1 - Análise metabolômica do cérebro de abelhas (Apis mellifera) em processos de aquisição de memória, BP.MS
13/26451-9 - Bioprospecção e análise estrutural das proteínas da seda de artrópodes por uma abordagem proteômica utilizando um sistema nanoLC-ESI-CID/ETD, BP.PD
13/13542-6 - Uma abordagem neuroproteômica do cérebro de operárias de Apis mellifera africanizadas submetidas ao ensaio de reflexo de extensão de probóscide, BP.DR
Assunto(s):Produtos naturais  Artrópodes 

Resumo

A procura de novos produtos naturais está se tornando, cada vez mais, uma importante fonte de inspiração para a maioria dos ingredientes ativos de fármacos no mundo todo, existindo uma necessidade crescente da utilização de plataformas analíticas cada vez mais sofisticadas para identificação quantitativa e qualitativa de compostos naturais de uma forma rápida e eficiente. Entre essas tecnologias, encontra-se a combinação de cromatografia líquida de alta resolução e espectrometria de massas de múltiplas etapas (LC-MS e MSn). Sabe-se, até agora, que os venenos de insetos são misturas complexas de compostos biologicamente ativos, porém poucas espécies Brasileiras foram caracterizadas quimicamente até o presente momento. Dessa forma, o principal objetivo deste projeto é a padronização da técnica de análise de "footprinting" metabolômico com o uso de um sistema LC (DAD) /IT-TOF/MS, MSn e GC-EI/MS de alta resolução, construindo-se inicialmente um banco de compostos de baixas massas moleculares, característicos de venenos de artrópodes. Os venenos de diferentes espécies de Artrópodes venenosos serão analisados nas mesmas condições analíticas em que o banco de compostos será padronizado, e os resultados comparados com os dados do banco para identificação dos compostos de baixas massas moleculares destes venenos. Este projeto também abordará o desenvolvimento de protocolos experimentais para estudos de "varredura analítica" da biblioteca natural de peptídeos, que constituem os venenos dos Artrópodes peçonhentos, baseado no uso de técnicas de LC-IT-TOF/MS e MSn em micro-escala. Os peptídeos seqüenciados por esta estratégia serão sintetizados e submetidos a estudos de caracterização de estrutura secundária por técnicas espectroscópicas (CD e RMN), e também a ensaios de atividades biológica, tais como dor, inflamação, antibiose, neurotoxicidade / antiepilepsia. A interação com sistema membrano-miméticos (membranas planares e vesículas de diferentes tipos) será abordada com o uso de técnicas biofísicas. Dessa maneira, esse projeto procura cumprir alguns dos objetivos principais do projeto BIOprospecTA da FAPESP para bioprospecção da biodiversidade do Estado de São Paulo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Contra ferroadas 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.