Busca avançada
Ano de início
Entree

Via de sinalização do Sonic Hedghog em leiomioma e leiomiossarcoma uterinos:Estudo da expressão protéica,e transcricional, e avaliação do perfil de metilação dos genes envolvidos na via

Processo: 12/10098-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2012 - 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Kátia Cândido Carvalho
Beneficiário:Kátia Cândido Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Imuno-histoquímica  Reação em cadeia da polimerase em tempo real 

Resumo

O leiomioma e o leiomiossarcoma são tumores de origem mesenquimal que se desenvolvem no útero. Essas neoplasias apresentam comportamento clínico variável, podendo levar a morte. O leiomioma é um tumor benigno comumente encontrado nas mulheres em idade reprodutiva. Já o leiomiossarcoma representa cerca de 40% dos sarcomas do útero. Ambas são neoplasias miometriais que apresentam o mesmo padrão de diferenciação celular, porém com progressão clínica completamente diferente. Alguns estudos foram realizados no esforço de demonstrar a origem ou a transformação do leiomioma em leiomiossarcoma, porém, pouco se sabe sobre os mecanismos envolvidos no desenvolvimento desses tumores e dos fatores que dirigem seu comportamento biológico tão distinto. Recentemente, foi demonstrado que a ativação da via de sinalização do Sonic Hedgehog (Shh) está relacionada ao desenvolvimento de diversos tipos de tumor, uma vez que essa via desempenha papel importante na proliferação e diferenciação celular. Mutações ou alterações nos genes envolvidos na via do Shh podem levar à carcinogênese em uma ampla variedade de tecidos. O objetivo deste projeto é avaliar a expressão dos genes envolvidos na via de sinalização do Shh, bem como avaliar a presença e o grau de metilação gênica em amostras de leiomioma e leiomiossarcoma. Para isso, serão selecionadas 80 amostras de leiomioma, 80 de leiomiossarcoma e 20 de miométrio. As amostras de leiomioma serão obtidas na Disciplina de Ginecologia da Faculdade de Medina da USP e os leiomiossarcomas no Departamento de Anatomia Patológica do Hospital A. C. Camargo, ambos em São Paulo - Brasil. As amostras parafinadas serão utilizadas na construção de blocos de tissue microarray, para avaliação por imunoistoquímica. O DNA genômico e o RNA total, extraídos de amostras frescas, serão utilizados nas reações de seqüenciamento e PCR quantitativo em tempo real. Todos os resultados obtidos serão submetidos à análise estatística. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GARCIA, NATALIA; BOZZINI, NILO; BAIOCCHI, GLAUCO; DA CUNHA, ISABELA WERNECK; MACIEL, GUSTAVO ARANTES; SOARES JUNIOR, JOSE MARIA; SOARES, FERNANDO AUGUSTO; BARACAT, EDMUND CHADA; CARVALHO, KATIA CANDIDO. May Sonic Hedgehog proteins be markers for malignancy in uterine smooth muscle tumors?. HUMAN PATHOLOGY, v. 50, p. 43-50, APR 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.