Busca avançada
Ano de início
Entree

Integração da inovação aberta ao processo de desenvolvimento de produtos no setor aeroespacial brasileiro

Processo: 12/50463-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2012 - 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Produção - Engenharia do Produto
Pesquisador responsável:Paulo Carlos Kaminski
Beneficiário:Paulo Carlos Kaminski
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gestão da inovação  Indústria aeroespacial  Inovações tecnológicas 

Resumo

A inovação aberta, ou open innovation, é um conceito novo na teoria da inovação que defende que as firmas podem e devem usar idéias externas e internas assim como caminhos externos e internos para o Mercado em seus processos de inovação. O presente projeto de pesquisa visa verificar a aplicabilidade e impacto dos conceitos da inovação aberta dentro do processo de desenvolvimento de produtos em indústrias de alta tecnologia do setor metal-mecânico. Mais especificamente, o projeto de pesquisa visa avaliar com que profundidade as práticas de inovação aberta estão sendo adotadas pelas empresas da indústria aeroespacial no pólo tecnológico de São José dos Campos. O objetivo é realizar um estudo comparativo de práticas de inovação aberta entre empresas desse setor no Brasil. O estudo consiste em um levantamento (survey) realizado por meio de entrevistas em firmas do setor aeroespacial. O projeto de pesquisa pretende fazer uma medição do nível de abertura dos processos de inovação nesta indústria e seu impacto, assim como prover recomendações para firmas brasileiras do setor no que diz respeito à gestão de seus processos de inovação na forma de um modelo de referência para o desenvolvimento de produtos colaborativos. Posteriormente, pretende-se realizar a comparação entre o Brasil (economia emergente) e o Canadá (economia desenvolvida), tendo como base de comparação os resultados de outro projeto similar realizado no Québec (Canadá) em 2010, em colaboração com a École Polytechnique de Montréal. (AU)