Busca avançada
Ano de início
Entree

Articulando saberes e experiências em gerontologia.

Processo: 12/11030-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2012 - 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Vania Aparecida Gurian Varoto
Beneficiário:Vania Aparecida Gurian Varoto
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Controle social formal  Idosos  Geriatria  Organização  Educação 

Resumo

Justifica-se pela necessidade de integrar conhecimentos e saberes das modalidades de atendimento ao idoso, algumas já implementadas, e da necessidade em expansão de outras modalidades em decorrência do aumento da população idosa brasileira e de suas demandas. A escassez de qualificação profissional na área da gerontologia demarca também uma necessidade emergente para lidar com a população em envelhecimento, além da projeção promissora de um mercado de trabalho para aqueles que se dedicarem a ciência dos que envelhecem e em seus múltiplos fatores. Neste sentido, o novo Curso Graduação em Gerontologia da UFSCar contribuirá para minimizar essa escassez, pois tem como objetivo a formação de um profissional que atua na área de gestão em gerontologia tanto na velhice saudável como fragilizada. Algumas ações tem tido destaque na contribuição de ações em prol do atendimento ao idoso pautadas nas diretrizes legais dos direitos sociais e humanitário, como assegura o Estatuto do Idoso, Lei n/1.0741/2003, dentre elas, as ações do Conselho Municipal do Idoso-CMI. Em especial no município de São Carlos este Conselho tem enfrentado dificuldades em sua gestão organizacional, mesmo tendo em contrapartida a contribuição de trabalhos desenvolvidos anteriormente junto ao mesmo, mas que não estão tendo continuidade, como por exemplo, o folheto desenvolvido Recursos Existentes para a População Idosa no Município de São Carlos. Desta forma, esta pesquisa tem como objetivos atualizar este sistema de cadastramento e registro das organizações de atendimento ao idoso junto ao CMI, identificar o perfil geral das organizações cadastradas, de seus usuários e de suas necessidades; assim como; articular a inserção de estudantes do curso de Graduação em Gerontologia e de outros cursos no campo de prática profissional e em contextos de pesquisa científica. A base metodológica em pesquisa transversal, descritiva, qualiquantitativa, e análise de conteúdo. Busca-se com os resultados criar um banco de dados e de cadastro sistemático das organizações de atendimento ao idoso, viabilizando fortalecer parcerias entre diferentes setores de gestão ao atendimento ao idoso. Também articular atividades da prática profissional e de conhecimento em pesquisas na área da Gerontologia junto ao Conselho, assim como aprofundar mecanismos de ensino aprendizado em gerontologia baseados no exercício de trabalho em equipe com cientificidade e ética profissional. Com os dados analisados busca-se caracterizar o perfil geral das organizações cadastradas, de seus usuários e identificar suas necessidades; para que se possam mais do que, criar a médio e longo prazo novos espaços de atendimento ao idoso, mas a princípio divulgar, integrar e (re)organizar os já existentes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)