Busca avançada
Ano de início
Entree

Cicatrização e sinalização de insulina: fenofibrato, estatinas e queimaduras.

Processo: 12/14406-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2012 - 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Maria Helena de Melo Lima
Beneficiário:Maria Helena de Melo Lima
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Diabetes mellitus  Fenofibrato  Insulina  Atorvastatina 

Resumo

O processo cicatricial e reepitelização da região da ferida requer eventos moleculares e celulares e pode ser divido em três fases: inflamação, formação de tecido de granulação com deposição de matriz extracelular e remodelação. Estas não são mutuamente excludentes, mas sobrepostas no tempo. Em pacientes diabéticos o reparo do processo cicatricial é prejudicado e não há uma causa única para o comprometimento deste processo: são observadas falhas ou desregulação nos eventos celulares e moleculares nas três fases do reparo tecidual. De acordo com estudos recentes, a sinalização de insulina, fatores de crescimento e citocinas apresentam menor expressão em lesões de ratos diabéticos. A busca por novos tratamentos tem o objetivo de acelerar o processo cicatricial e diminuir o risco de complicações. Portanto, é possível que a insulina isolada ou em associação a outros polipeptídeos promotores de crescimento, promovam diferentes eventos bioquímicos, que culminem na restauração da integridade funcional do tecido em cicatrização. O objetivo deste estudo será investigar o efeito do tratamento oral de fenofibrato e atorvastatina, e insulina tópica no reparo tecidual de lesões de pele na via da sinalização de insulina, fatores de crescimento e citocinas. Serão utilizados ratos Wistar machos com 8 semanas de idade, os quais serão pesados e separados em 4 grupos distintos. As lesões cutâneas de 6 mm ou queimadura serão realizadas na região dorsal. Nos dias 7º, 14º e 21º pós-trauma serão retiradas amostras de tecido para verificar a expressão de proteínas em tecido epitelial dos animais através de métodos imunohistoquímicos, ELISA e por meio de immunoblotting. Os dados serão expressos como médias, desvio-padrão, sendo indicado o número de experimentos independentes. Para análise estatística, os grupos serão comparados utilizando 2-way ANOVA com o teste Bonferroni. O nível de significância adotado será de p<0,05. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AZEVEDO, F.; PESSOA, A.; MOREIRA, G.; DOS SANTOS, M.; LIBERTI, E.; ARAUJO, E.; CARVALHO, C.; SAAD, M.; LIMA, M. H. Effect of Topical Insulin on Second-Degree Burns in Diabetic Rats. Biological Research for Nursing, v. 18, n. 2, p. 181-192, MAR 2016. Citações Web of Science: 8.
SUZUKI-BANHESSE, VANESSA FERRAZ; AZEVEDO, FLAVIA FIGUEIREDO; ARAUJO, ELIANA PEREIRA; COREZOLA DO AMARAL, MARIA ESMERIA; CARICILLI, ANDREA MORO; ABDALLA SAAD, MARIO JOSE; MELO LIMA, MARIA HELENA. Effect of Atorvastatin on Wound Healing in Rats. Biological Research for Nursing, v. 17, n. 2, p. 159-168, MAR 2015. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.