Busca avançada
Ano de início
Entree

Estruturação de complexos macromoleculares da parede bacteriana: biossíntese e virulência

Processo: 11/52067-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa SPEC
Vigência: 01 de julho de 2012 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Andrea Dessen de Souza e Silva
Beneficiário:Andrea Dessen de Souza e Silva
Inst. do pesquisador visitante: Institut de Biologie Structurale (IBS), França
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/11980-9 - Identificação e caracterização estrutural de novos compostos inibidores de PBPs, BP.DR
13/22681-0 - Caracterização estrutural de complexos membranários envolvidos na síntese da parede celular bacteriana, BP.DD
13/01962-0 - Estrutura e função de fatores de virulência bacterianos, BP.PD
13/02451-0 - Caracterização estrutural de componentes de um complexo essencial para a formação da parede bacteriana, BP.DD
Assunto(s):Infecções bacterianas  Virulência 

Resumo

A parede bacteriana é uma estrutura tri-dimensional complexa que protege a célula de diferenças de pressão osmótica, garante a sua forma e exerce um papel importante no processo de divisão celular. Além disso, é essencial para a ancoragem de fatores de virulência e sistemas de secreção de toxinas, ambos importantes não só para o processo infeccioso, mas também para a sobrevivência do microorganismo. No projeto BACWALL, nosso objetivo é de caracterizar de maneira estrutural e funcional complexos macromoleculares essenciais para a biossíntese e reparação da parede bacteriana, como os formados pelas Penicillin-Binding Proteins. Além disso, também estudaremos complexos envolvidos no processo de virulência bacteriana que dependem da parede para sua estabilidade e função. Realizaremos estes objetivos utilizando técnicas como a cristalografia de raios-X, bioquímica, biologia molecular e microscopia eletrônica. A investigadora principal ficará localizada tanto no LNBio (Campinas) quanto no Institut de Biologie Structurale (Grenoble, France), e colaborações extensivas serão desenvolvidas com o grupo de microscopia eletrônica do LNNano (Campinas). Além disso, colaborações existentes com institutos europeus (Institut Pasteur, Paris; Univ. Utrecht, Holanda; iRTSVa, Grenoble) continuarão durante o projeto BACWALL, o que permitirá a formação de uma rede de colaborações que incluirá o LNBio e o LNNano. A disponibilidade de um número vasto de resultados preliminares sugere que o trabalho proposto aqui revelará detalhes chave das maquinarias de biossíntese da parede bacteriana e de virulência, e os resultados serão importantes não somente para o campo de desenvolvimento de novos antibióticos, mas também para a compreensão de mecanismos generalizados de formação de complexos macromoleculares. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Novo alvo para o desenvolvimento de antibióticos inovadores é revelado 
Estudo da USP desvenda mecanismo de inibição da divisão bacteriana 
Pesquisa científica paulista recebe mais de R$ 1 bilhão da FAPESP 
Em busca de novos antibióticos, laboratório investiga proteínas bacterianas 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Repasse da FAPESP a projetos científicos ultrapassa R$ 1 bilhão 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.