Busca avançada
Ano de início
Entree

A preservação dos conjuntos ferroviários da São Paulo railway e Santos e Jundiaí

Processo: 12/50204-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de outubro de 2012 - 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Beatriz Mugayar Kühl
Beneficiário:Beatriz Mugayar Kühl
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Ferrovias 

Resumo

Esta publicação tem origem em pesquisa de pós-doutorado financiada pela FAPESP e desenvolvida sob supervisão da arquiteta e pesquisadora Beatriz Mugayar Kühl, com bolsa da FAPESP no período de julho de 2008 a julho de 2010. A pesquisa discorre sobre a viabilidade de preservação dos conjuntos da São Paulo Railway em Santos e Jundiaí, por meio de uma análise multidisciplinar, que permita a manutenção das particularidades compositivas e dos principais elementos estrutura dores de cada um dos artefatos que os compõem. O acervo da primeira ferrovia de São Paulo adquiriu importância como patrimônio industrial possuindo exemplares significativos que ainda podem ser conservados, embora se encontrem ameaçados pelo desconhecimento dos seus valores e devido a ações que, aparentemente têm por objetivo sua recuperação, mas que são executadas visando interesses especulativos imediatistas, em detrimento dos valores culturais e dos pressupostos teóricos que deveriam prevalecer. Tais questões são extremamente complexas e exigem um esforço conceitual que envolve a participação de variados profissionais, levantando problemas técnicos, críticos e interpretativos. Mas é somente com o enfrentamento dessas demandas que será possível atuar sobre o patrimônio de forma ética e pertinente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Patrimônio ferroviário demanda diálogo entre arquitetura e urbanismo 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.