Busca avançada
Ano de início
Entree

Transporte de lixiviado de resíduos sólidos urbanos em um solo laterítico. Estudo de caso: aterro sanitário de Botucatu

Processo: 12/00273-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2012 - 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Geotécnica
Pesquisador responsável:Maria Eugenia Gimenez Boscov
Beneficiário:Maria Eugenia Gimenez Boscov
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Thiago Villas Bôas Zanon
Assunto(s):Poluição do solo  Solo tropical  Aterros sanitários  Resíduos sólidos  Lixiviação do solo 

Resumo

Este projeto de pesquisa visa a obter parâmetros de transporte de poluentes de um solo tropical laterítico por meio de retro-análise da contaminação do solo subjacente à lagoa de lixiviado do aterro sanitário municipal de Botucatu e de ensaios laboratoriais de transporte de poluentes com amostras do solo local não contaminado. A retro-análise se baseará nos resultados de análises físico-químicas de amostras de solo que tenham sofrido percolação do lixiviado gerado na massa de resíduos, uma vez que a lagoa não tinha revestimento de fundo. Os ensaios de transporte de poluentes de coluna e de difusão serão realizados com amostras do solo adjacente à lagoa e com o lixiviado local. Os resultados obtidos pelos dois métodos serão aplicados em um programa computacional de fluxo de massa em meios porosos para obtenção dos parâmetros de transporte de poluentes e para simulação numérica de alguns cenários possíveis de configuração de revestimento de fundo de aterros sanitários. Para execução do projeto está formalizada uma colaboração com a empresa Revita Engenharia Ambiental, responsável pela operação do aterro sanitário municipal de Botucatu. Objetiva-se contribuir para a formação do banco de dados de parâmetros de transporte de poluentes de solos tropicais em elaboração pela solicitante; obter um melhor entendimento dos mecanismos de transporte de lixiviado através do subsolo em situação de campo; e trazer subsídios técnicos e científicos para a discussão sobre as exigências técnicas relativas ao revestimento de fundo de aterros sanitários. (AU)