Busca avançada
Ano de início
Entree

Internacionalização da propriedade intelectual desenvolvida pela Universidade Estadual Paulista - UNESP

Processo: 12/50242-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI/Nuplitec)
Vigência: 01 de outubro de 2012 - 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia Industrial
Pesquisador responsável:Vanderlan da Silva Bolzani
Beneficiário:Vanderlan da Silva Bolzani
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Gestão da inovação  Propriedade intelectual  Inovação  Patentes  Cooperação universidade-empresa  Internacionalização 

Resumo

A Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Unesp, por meio de seus pesquisadores/desenvolve conhecimento tecnológico nas mais diversas áreas do conhecimento. Visando o desenvolvimento social, além da formação de recursos humanos e a geração de conhecimento, a Universidade deve contribuir para o processo inovativo, realizando a transferência desse conhecimento tecnológico. Para tanto, a primeira etapa é a apropriação desse conhecimento, por meio dos regimes de proteção à propriedade intelectual. Atualmente, a Unesp realiza este trabalho de desenvolvimento de seu portfólio de ativos de propriedade intelectual, particularmente com foco na proteção nacional. Mas a transferência de tecnologia deve ser vista como um processo global, de modo que as tecnologias aqui produzidas podem ser também transferidas para empresas que têm atividades em outros territórios. Assim, é necessário que haja a internacionalização do portfólio dos ativos de PI, tornando estes ativos atrativos tanto para empresas nacionais que desejam promover seus produtos no exterior quanto para empresas estrangeiras. Nesses termos, o objetivo deste projeto é a ampliação do portfólio internacional de ativos de propriedade intelectual da Unesp, particularmente por meio de tecnologias advindas de pesquisas científicas desenvolvidas com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Fapesp. As tecnologias apropriáveis por algum regime de proteção intelectual serão avaliadas em função de seu estágio de desenvolvimento e potencial econômico, de acordo com metodologia existente na Agência Unesp de Inovação, sendo que as mais promissoras serão internacionalizadas, utilizando-se dos mecanismos do Sistema Internacional de Propriedade Intelectual, visando ampliar seu valor e sua potencialidade de comercialização. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.